domingo, 7
 de 
agosto
 de 
2022

Politicando 30/09/2016

Eleições
Dos dez municípios da região, a eleição para prefeito no próximo domingo promete ser acirrada em grande parte deles. Em pelo menos seis municípios não é possível identificar vantagem de um ou outro candidato. Em alguns casos, a campanha foi surpreendente, colocando com real chance de vitória candidato que sequer estava no radar das pesquisas até o registro de candidaturas.
Apuração
Assim como já aconteceu nas duas últimas eleições municipais, a apuração das eleições na região deve acontecer de forma bastante rápida. A previsão do Tribunal Regional Eleitoral é de que em no máximo duas horas todas as cidades locais já conheçam quem serão seus novos governantes e legisladores.
O que pode?
O Regional publica nesta edição uma tabela completa do que pode e do que não pode nesses próximos dias. Ou seja, de hoje até domingo. É bom os candidatos ficarem atentos e seguirem as regras. A Justiça Eleitoral está incentivando que a própria população seja fiscal na eleição, usando principalmente celulares para fotografar ou filmar ações que se caracterizem crime eleitoral. Há, inclusive, um aplicativo disponível para fiscalizar. É o “Pardal”, lançado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última eleição.
Indecisos
Hoje e amanhã ainda é possível fazer campanha abordando eleitores e entregando material. No domingo, inclusive, o eleitor pode levar a “colinha” para votar. Por se tratar de uma campanha curta, de pouco mais de um mês, muitos candidatos não conseguiram chegar a todos os bairros e comunidades desejadas, a aposta ficou um pouco nas redes sociais e neste pouco tempo que falta será importante o velho e bom telefone.
Lei Seca
Lembrando que está valendo a Lei Seca nesta eleição. Entre às 6 e 18 horas do domingo é devidamente proibido a comercialização de bebida alcoólica. O descumprimento da determinação caracteriza a prática do crime de desobediência, previsto no artigo 347 do código eleitoral brasileiro (Lei nº 4.737/1965).
Campo do Tenente
Caminhada da campanha de Jorginho Quege (PMDB), em Campo do Tenente. Foto: DivulgaçãoO prefeito e candidato a reeleição em Campo do Tenente, Jorginho Quege (PMDB), comemorou a grande participação popular numa caminhada realizada pela sua campanha no último final de semana. Ele creditou o sucesso da caminhada ao bom mandato realizado e as propostas para continuar a frente da prefeitura.
Lapa
A campanha de maior embate na região se deu na Lapa, com o candidato a prefeito Marcelo Batista (PSDB) expondo de todas as formas possíveis o processo que corre em segredo de justiça contra o ex-prefeito e também candidato Paulo Furiati (PMDB). Diante o embate entre Batista e Furiati, a atual prefeita e candidata a reeleição, Leila Klenk (PT), correu por fora.
Piên
Vereador Leonides Maahs (PR). Foto: Arquivo/O RegionalO presidente da câmara de Piên, Leonides Maahs (PR), que concorre novamente a uma das vagas do legislativo, passou as últimas semanas reafirmando sua candidatura. Segundo ele, surgiram boatos de que sua candidatura estaria suspensa. Maahs destaca que não houve nenhum tipo de problema no registro da sua candidatura e que algumas pessoas mal intencionadas tentam prejudicar sua reeleição.
Quitandinha
Em Quitandinha, pesquisa encomendada por O Regional, com devido registro junto ao TSE, mexeu com o ritmo da campanha. Nesta semana, os carros de som tomaram as ruas e as abordagens aos eleitores ficaram mais intensivas. O jornal usou o município de Quitandinha como piloto num projeto que pretende desenvolver nas próximas eleições municipais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email