terça-feira, 15
 de 
junho
 de 
2021

Politicando 30/08/2019

Lapa e Contenda I

O Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da Promotoria de Justiça da Lapa, emitiu recomendação administrativa dirigida às agências bancárias dos dois municípios da comarca – Lapa e Contenda – para que deixem de exigir o comparecimento de pessoas com dificuldades de locomoção – como idosos, enfermos ou pessoas com deficiência – para realização da chamada “prova de vida”, necessária para o recebimento da aposentadoria e outros benefícios. No início de julho, um idoso com dificuldades de locomoção morreu um dia depois de ter sido obrigado a comparecer à uma agência bancária da cidade para cumprir a exigência federal.

Lapa e Contenda II

O documento do MPPR, expedido no dia 23 de agosto, fundamenta-se na legislação atual, especialmente no Estatuto do Idoso e no Estatuto da Pessoa com Deficiência. A Promotoria sustenta que a “prova de vida” constitui “afronta ao princípio da dignidade da pessoa humana”. O MPPR propõe na recomendação que as pessoas com dificuldades de locomoção deverão ser visitadas nos seus domicílios. Caso isso não seja viável, que possam ser atendidas no exterior das agências, em local mais cômodo, confortável e acessível.

Concurso público

O governo estadual autorizou concurso público para a contratação de 30 médicos veterinários e 50 técnicos agrícolas. Eles serão contratados para auxiliar, principalmente, no trabalho de vigilância sanitária, já que o Paraná pretende anunciar em breve à conquista e manutenção do status de Área Livre de Febre Aftosa sem Vacinação. Existe uma expectativa de que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento formalize essa condição e que, em maio de 2021, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) faça o reconhecimento.

Dinheiro de show

O ex-prefeito de Rio Negrinho, na divisa com Piên e Rio Negro, Osni José Schroeder, foi condenado pelo crime de improbidade administrativa pelo entendimento da Justiça no que diz respeito a contratação da dupla sertaneja Victor e Léo para festa na cidade paga com dinheiro público. Além da restrição política, Osni Schroeder foi informado da devolução dos R$ 150 mil destinados à contratação. O caso se refere a festa de aniversário da cidade em 2010.

Agudos do Sul I

A prefeita de Agudos do Sul, Luciane Teixeira (MDB), relatou nesta semana que o município vem trabalhando para atrair investimentos que resultem na geração de emprego e renda. O desejo é a instalação de novas empresas. Luciane lembra que o município tem uma série de restrições em virtude de pertencer ao cadastro do ICMS Ecológico, e que essa situação por vezes é dificultar para empresas de se instalarem na cidade. Mesmo embora a prefeitura não provenha de nenhum valor decorrente deste imposto.

Agudos do Sul II

E por falar em Agudos do Sul, o atual vice-prefeito Mano Camargo (sem partido) vem analisando convites para filiação partidária. Na última semana ele conversou com dirigentes de pelo menos quatro partidos, PSD, PSDB, PROS e PSL. Segundo Camargo, o diálogo vem sendo importante em dois aspectos, a formalização de chapa proporcional e a disputa majoritária da eleição municipal.

Quitandinha

Em Quitandinha o grupo que atua com o Partido Progressista (PP) está se mobilizando na busca de novas filiações visando a eleição de 2020. A sigla quer ter uma forte chapa de candidatos a vereadores, contando inclusive com bons nomes para uma possível disputa do executivo. Os nomes mais comentados são do presidente da câmara vereadores, Marquinhos da Acarpa, e do também legislador Zé Ribeiro, que está no seu quarto mandato. Além do funcionário público Valderi Laranjinha.

Campo do Tenente

Com a promessa de desligamento do PPS no futuro breve, algo que possivelmente ocorra na “janela partidária”, o presidente da câmara de vereadores de Campo do Tenente, Fuscão Quege, já sinaliza a possibilidade de ingresso no PSL ou no PROS. A mudança de partido não teria referência apenas com a eleição do próximo ano, mas também com 2022.

Reunião da Amsulep. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura da LapaAmsulep

Foi realizada na última sexta-feira, na Lapa, reunião da Associação dos Municípios da Região Suleste do Paraná (Amsulep). Presidida pelo prefeito de Tijucas do Sul, Cesar Matucheski, a reunião contou com as presenças dos prefeitos da Lapa, Paulo Furiati, de Rio Negro, Milton Paizani, da Fazenda Rio Grande, Márcio Wozniack, e de representantes dos demais municípios.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email