sábado, 2
 de 
julho
 de 
2022

Politicando 30/05/2018

Eleições

Uma nova pesquisa divulgada no fim de semana deu o que falar, ao ponto de ser impedida de divulgação mesmo depois de publicada em diversos veículos. A pesquisa foi realizada pela empresa Radar Inteligência e a impugnação do resultado e sua publicidade foi pedida a Justiça Eleitoral pelo Partido Progressista (PP), da governadora Cida Borghetti.

Eleições I

Nesta semana mais um tucano deixou o governo de Cida Borghetti (PP). Dessa vez foi Juraci Barbosa, um dos homens mais próximo do ex-governador Beto Richa (PSDB) que se desligou do governo estadual. Com isso, crescem os rumores de uma possível ruptura entre Beto Richa e Cida Borghetti. Comentários reforçados ainda mais com uma declaração do próprio Richa, que falou da possibilidade de concorrer com candidatura avulsa ao senado federal.

Eleições II

E a presidente nacional do PT e senadora pelo Paraná, Gleisi Hoffmann (foto), confirmou nesta semana o que todos já sabiam. Ela não vai concorrer à reeleição para disputar uma das cadeiras na câmara federal. Sendo assim, Gleisi disputará as vagas do PT com Ênio Verri e Zeca Dirceu. Dos 3, é garantida a eleição de 1.

Eleições III

Na região, os vereadores, prefeitos e pretendentes a cargos políticos nas eleições de 2020 se perguntam a todo tempo se é mais coerente apoiar com estrutura candidatos que vão concorrer à reeleição e estão sob denúncias, correndo risco de não se reelegerem, ou apostar em novos candidatos com mais chance de vitória. Em todas as enquetes feitas há uma tendência dos eleitores optarem por candidatos novos e não votar pela reeleição.

Publicação de Rosilda Drevek. Foto: Reprodução/FacebookPiên

A contadora Rosilda Dreveck, irmã do prefeito eleito Loir Dreveck, assassinado em Piên, escreveu na última semana em sua rede social sobre a liberdade provisória de mais um suspeito de envolvimento no crime. Dos 4 denunciados, 3 já ganham liberdade monitorada. Ela ainda informa na postagem que o ex-prefeito Gilberto Dranka, também beneficiado com liberdade provisória, estaria solicitando à Justiça o direito de voltar a residir no município. “Será que a morte deles vai ficar por isso mesmo?”, escreve ela.

Lapa

A prefeitura da Lapa vai lançar no próximo mês o Serviço 156 ao Cidadão. Trata-se de um número telefônico para que a população faça contato e apresente demandas, sugestões ou críticas. A ferramenta é uma parceria do município com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná – Celepar. Além do registro em tempo real, o serviço realiza uma análise inicial da chamada, repassa ao setor responsável e responde ao cidadão. O 156 é muito conhecido na capital do estado.

Rio Negro

Comerciantes e moradores das margens da rodovia BR 116, no município de Rio Negro, reclamam da falta de atenção às reivindicações feitas durante as audiências públicas com representantes da empresa concessionária Autopista Planalto Sul e da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT). Segundo eles, boa parte do que é tratado nas audiências visando melhorar a segurança do trecho urbano da rodovia não sai do papel. A última audiência aconteceu na câmara de vereadores.

Vaquinha virtual

Legalmente, os pré-candidatos já podem criar contas virtuais para o recebimento de doações. No Paraná, no entanto, ainda são poucos os políticos que estão tentando captar recursos pela internet. O interessante é que o eleitor poderá acompanhar as doações e o total arrecadado pelos candidatos. Caso o pré-candidato desista, o valor doado será devolvido. As doações são retidas até que o registro da candidatura, em 15 de agosto. Só podem contribuir pessoas físicas com limite de até 10% do valor de seus rendimentos brutos no ano anterior. O nome e CPF dos doares é público.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email