segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Politicando 24/02/2012

Municípios
O presidente da Associação dos Municípios do Paraná – AMP, Gabão Samaha, pedirá ao Diretor-Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, Nelson José Hübner Moreira, que adie para 1º de julho de 2013 a entrada em vigor da Resolução 414/2010, que transfere às prefeituras a responsabilidade pela manutenção da infraestutura da iluminação pública nos municípios. Gabão afirma que os prefeitos respeitam a legislação e vão cumpri-la, mas manifesta sua preocupação com os aumentos de custos que os municípios terão por causa da resolução, o que significará mais um duro golpe às já combalidas finanças das prefeituras.
Ficha Limpa
Com a validade da Lei da Ficha Limpa muito provável aconteçam algumas mudanças no cenário político da região para as eleições de outubro próximo. Em Mandirituba, por exemplo, dois ou três pré-candidatos a prefeito devem ficar impedidos de concorrer por terem problemas na Justiça ou no Tribunal de Contas do Estado. Em Campo do Tenente e Tijucas do Sul também há situação parecida.
Política Campo do Tenente/Foto:DivulgaçãoCampo do Tenente I
O ex-prefeito de Campo do Tenente, Reinaldo Pereira (PSDB), começou a se articular no âmbito estadual visando as eleições desse ano. Ontem ele esteve em Curitiba participando de uma reunião com o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Flávio Arns (PSDB). Disse que foi apresentar demandas do município e reforçar a intenção da candidatura própria à prefeitura tenenteana. O deputado federal e presidente do PSD, Eduardo Sciarra, participou do encontro.
Campo do Tenente II
Embora venha promovendo uma gestão de importantes resultados, o prefeito Celso Wenski (PMDB), ainda não decidiu se vai concorrer ao pleito em outubro. Curiosamente, o eleitorado de Campo do Tenente não aprovou até hoje a reeleição no município. Todos os prefeitos que tentaram permanecer no cargo para um segundo mandato foram rejeitados pelos eleitores. Como sempre há uma primeira vez…
Lapa
Na Lapa a história da reeleição também não pegou, pelo menos por enquanto. O atual prefeito Paulo Furiati (PMDB) vai tentar pela segunda vez quebrar essa resistência do eleitorado lapeano ao segundo mandato. Ele já articula com diversos partidos uma composição para as eleições municipais. Do outro lado está a pré-candidata Leila Klenk (PT), que foi a grande surpresa política do município nos últimos anos. Há ainda o grupo do ex-prefeito Miguel Batista (Dem), que por enquanto não sinalizou intenções para o pleito local.
Piên
A cidade de Piên está sofrendo, e não é de hoje, com o péssimo sinal de telefonia celular, em especial da empresa TIM, e também com picos negativos no sinal de internet. Nos tempos atuais, onde a comunicação e a transmissão de dados são imprescindíveis, esse tipo de precariedade nos serviços causa uma série de dificuldades e problemas para empresas e prestadores de serviços. De forma organizada, os usuários da cidade poderiam protestar utilizando as redes sociais. Quando a internet ajudar, é claro.
Pinhais
Pelo que tudo indica o prefeito de Pinhais, Luizão Goulardt (PT), vai convidar sua vice-prefeita, Marli Paulino (PDT), para reeditarem a chapa na eleição 2012. Em mais de três anos de parceria os dois trabalharam de forma harmônica e conseguiram avançar na composição com outras siglas que não faziam parte da coligação em 2008. No velho ditado “em time que está ganhando não se mexe”, não há porque mudar a chapa majoritária.
Agudos do Sul
O prefeito Antonio Gonçalves da Luz (PP), de Agudos do Sul, dá sequência na próxima semana ao projeto Prefeitura nos Bairros, que desta vez chega à comunidade de Pavãozinho. De segunda à sexta-feira, o setor rodoviário da prefeitura estará realizando trabalhos de readequação de estradas. Na quarta-feira, a partir das 13 horas, haverá atendimentos médicos, farmacêuticos e orientação sobre saúde, bem como cadastramentos para o Armazém da Família. Na semana passada, o programa foi desenvolvido no centro da cidade.
Fazenda Rio Grande
O deputado estadual Toninho Wandscher (PT) ainda não está convicto se disputa a eleição para prefeito de Fazenda Rio Grande. Ele tem a alternativa de colocar o filho Allyson Wandscher (PSB) como candidato ou ainda apoiar a candidatura do vereador Marcelo Miranda (PSC). No ano passado houve na cidade um trabalho intenso por novas filiações, envolvendo principalmente o grupo de Wandscher e do prefeito Chico Santos (PSDB).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email