quinta-feira, 29
 de 
julho
 de 
2021

Politicando 22/11/2019

Lapa I

Na Lapa, o vereador mais votado do último pleito, Fenelon Bueno Moreira (PSB), é um dos cotados para disputar a prefeitura do município. Ele mesmo não esconde esse desejo, no entanto, está atualmente no mesmo partido do empresário Rui da Farmácia, o PSB, que tem total controle da sigla e trabalha com outros nomes na disputa. Ou seja, para ter garantia de candidatura Fenelon terá que buscar outro caminho.

Leila Klenk. Foto: DivulgaçãoLapa II

Já a ex-prefeita Leila Klenk não tem se manifestado em relação a participação na próxima eleição. Quem circula em torno do grupo de apoio a Leila, comenta que persiste o dilema de uma eventual mudança de partido, tendo em vista o desgaste já sofrido na última disputa eleitoral no município por conta do seu vínculo com o PT. Segundo boatos, uma alternativa seria o ingresso no PDT, que já causaria um fato novo a seu favor.

Tijucas do Sul I

O prefeito de Tijucas do Sul, Cesar Matucheski (PSDB), tem relatado aos mais próximos que não pretende ser candidato a reeleição no próximo pleito eleitoral. Segundo ele, a principal meta tem sido acertar administrativamente a prefeitura, regularizando inconformidades de documentos e alimentando os sistemas de gestão de forma correta. Além disso, o fato de não ser candidato dá maior tranquilidade para adotar medidas impopulares, como corte de gratificações e até mesmo exonerações de cargos comissionados.

Tijucas do Sul II

Um dos principais desafios encarados por Matucheski é de equilibrar o índice de gasto com pessoal. Em virtude de ter ultrapassado o índice máximo com salários, a prefeitura está sem certidão desde o primeiro trimestre. Embora venha promovendo o corte de gastos e realizando demissões de comissionados, como aconteceu na última semana inclusive, até agora não conseguiu se adequar ao limite prudencial orientado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Campo do Tenente

O prefeito de Campo do Tenente, Jorge Quege (MDB), vem recebendo constantes recursos para a renovação da frota de veículos da prefeitura. Nesta semana, uma nova retroescavadeira foi entregue ao município (foto), se somando a outros veículos comprados pela prefeitura. E o interessante é que boa parte da renovação da frota é através de recursos de emendas parlamentares.

Mandirituba

A câmara de vereadores de Mandirituba irá realizar na próxima terça-feira uma nova sessão itinerante. Desta vez, a reunião acontecerá na comunidade de Quatro Pinheiros, com início às 19 horas, no barracão da igreja. As sessões nos bairros foram iniciadas neste ano, já sendo realizadas anteriormente nas localidades de Campestre dos Paulas, Areia Branca dos Assis e Espigão das Antas. Segundo o presidente Fernando Teixeira (PMB), o objetivo é a aproximação com os populares.

Piên

A presença de técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) na prefeitura de Piên e na câmara de vereadores tem tirado o sono de muita gente na cidade. A ação é resultado de denúncia antiga e como muita coisa está sendo pesquisada e investigada, é bem provável que o “gato suba no telhado”.

Araucária

O ex-prefeito de Araucária, Rui Alves, recebeu nova condenação por organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Em sentença proferida nesta semana, a Justiça condenou o ex-prefeito a 44 anos de prisão. O ex-gestor era vice-prefeito e assumiu o cargo após a renúncia do titular. A condenação ocorreu a partir de denúncia decorrente da terceira fase da Operação Fim de Feira, deflagrada em dezembro de 2016 pelo Ministério Público do Paraná, a partir das Promotorias de Justiça de Araucária, para investigar crimes contra a administração pública no Município.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email