quinta-feira, 23
 de 
setembro
 de 
2021

Politicando 18/09/2020

João Padeiro, de Piên. Foto: DivulgaçãoEleições I

Encerrado o prazo das convenções partidárias houve algumas surpresas em relação a disputa pelas prefeituras na região. Quatro chefes do executivo em condições de reeleição simplesmente desistiram da disputa. A prefeita Maria Julia (PSD), de Quitandinha, já havia anunciado seu desejo de ficar fora, os outros três que não vão concorrer são Paulo Furiati (MDB), da Lapa, Cesar Matucheski (PSDB), de Tijucas do Sul, e João Padeiro (PSD), de Piên.

Eleições II

A desistência de Furiati na Lapa faz com que a cidade continue com seu histórico de não reeleger prefeitos. Já a desistência de João Padeiro em Piên tem relação com a debandada do próprio vice-prefeito, Pedro Zancheta (Pros), que passou para a oposição. A cidade ainda vivencia um cenário de medo e insegurança pós eleição de 2016.

Eleições III

Com a desistência dos atuais prefeitos à reeleição, oito das dez cidades da região serão administradas por novos gestores. Isso acontece porque Jorge Quege (MDB), de Campo do Tenente, Carlão Stabach (MDB), de Contenda, e Milton Paizani (PSD), de Rio Negro, não podem mais concorrer ao cargo por estarem no segundo mandato. Vão pleitear a reeleição na região Luciane Teixeira (MDB), de Agudos do Sul, e Luis Antonio Biscaia (PSC), de Mandirituba.

Convenção em Fazenda Rio Grande. Foto: DivulgaçãoFazenda Rio Grande

Onde o PSD vai encabeçar chapa majoritária é bem provável que o governador Ratinho Junior participe de alguma forma da campanha eleitoral. Onde o PSD está coligado será estudado caso a caso. No sábado (foto), por exemplo, Ratinho Junior gravou para o candidato do partido em Fazenda Rio Grande, Chico Santos, além de ser representado oficialmente na convenção pelo presidente da Comec, Gilson Santos.

Lapa

Dois grandes grupos se formaram na Lapa para a disputa pela prefeitura. De um lado o PSD e o MDB, como já antecipado nesta coluna, se juntaram no que era improvável para lançar o advogado Diego Ribas, que é uma novidade no meio político. Do outro lado PDT, PV e DEM confirmaram o vereador Josias Junior. No futuro o primeiro vai tentar colocar o PT no segundo, e este vai colocar a prisão da gestão MDB no primeiro.

Contenda

Já em Contenda as últimas horas de convenções foram de fortes emoções. A cidade acabou ficando com quatro candidatos a prefeito. O mais prejudicado foi o prefeito Carlão Stabach (MDB) que perdeu seus três eventuais candidatos a prefeitos, Ataulzinho Carvalho, Ari da Casa do Colono e Hélio Boçoen. Divergências internas não superadas resultaram nas desistências de todos eles.

Rio Negro

Outra grande curiosidade na eleição desse ano está em Rio Negro. O ex-prefeito Alceu Swarowski (Cidadania) confirmou sua candidatura com sua esposa Neusa Swarowski (DC) como vice-prefeita. É a primeira vez na história da região que um candidato a prefeito coloca a esposa na condição de candidata a vice. Embora seja algo permitido pela legislação, na cidade não se falou outra coisa. Outros três nomes disputam o pleito.

Mandirituba

Uma eleição bastante polarizada e com dois grupos bem estruturados, esse é o retrato da campanha em Mandirituba. Enquanto nos últimos pleitos a cidade tinha quatro e até cinco candidaturas, dessa vez são apenas dois nomes. O atual prefeito, Luis Antonio Biscaia (PSC) vai tentar a reeleição. Do outro lado, o jovem vereador Felipe Machado (Pros) quer chegar a prefeitura e para isso terá o apoio de três ex-prefeitos do município, o próprio pai, Antonio Machadinho, e ainda de Luis Carlos Schemin e Geraldo Cartário.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email