terça-feira, 15
 de 
junho
 de 
2021

Politicando 17/07/2020

Ministério Público I

Tem sido bastante expressiva as manifestações dos Ministérios Públicos junto aos municípios em relação as ações de combate ao coronavírus. O MP pede mais rigidez dos gestores públicos nas ações que promovam o isolamento social, inclusive pedindo a suspensão dos serviços e atendimento comercial que não sejam de caráter essenciais. Nesta semana, por exemplo, o MPPR criticou a decisão do governo do Estado de não prorrogar o decreto da quarentena.

Ministério Público II

Já existem alguns casos no Paraná onde prefeitos recorreram da notificação do Ministério Público que pedia o fechamento do comércio não essencial. E a decisão foi favorável aos prefeitos. De qualquer forma, o governo do Estado não descarta um novo decreto de redução de atividades caso a contaminação pelo Covid-19 continue crescendo.

Detran I

Após uma pausa de 15 dias nos serviços de biometria e provas teóricas e práticas, seguindo o Decreto 4.942/20 do governo do Estado, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) autorizou ontem o retorno de algumas atividades nas unidades do Estado. O atendimento ao público será apenas para os serviços de agendamento de biometria e foto para primeira habilitação e, também, exames práticos e teóricos.

Detran II

Atividades com agentes externos como despachantes, clínicas credenciadas e Centros de Formação de Condutores (CFC), devem voltar obedecendo os critérios de segurança. Os Centros de Formação de Condutores (CFC) poderão retomar as aulas técnico-teóricas pelas plataformas de ensino remoto, devidamente homologadas pelo Detran-PR, conforme Deliberação nº 189/2020 do Contran e na Instrução Normativa 002/2020 do Detran Paraná. As aulas práticas estão autorizadas, desde que elaboradas dentro de uma grade que atenda todos os requisitos estabelecidos pelo Contran.

Lapa I

O principal assunto político na Lapa nesta semana é sobre o processo que corre na Justiça contra o atual prefeito Paulo Furiati (MDB). Ele é acusado pelo Ministério Público do Estado do Paraná (MP-PR) por fraude a licitação durante sua gestão de 2009 a 2012. Furiati chegou a ser preso por quase um mês, mas recorreu e ganhou liberdade e, inclusive, a eleição de 2016. Acontece que o processo não findou e ele pode ainda perder o direito de exercer função pública. Se isso se confirmar, Paulo Furiati não deve disputar a reeleição.

Lapa II

Outro assunto que ganhou o noticiário lapeano foi o vídeo do vereador Mário da Farmácia (PSB) em um bar onde era realizada uma cantoria aglomerando pessoas, muitos sem máscaras, em plena pandemia e no momento de maior número de casos de contaminados pelo coronavírus no município. Além de vereador, Mário é ligado ao ex-secretrário da Saúde Ruy da Farmácia, um dos cotados para disputar a prefeitura.

Karina Ribas Karpinski. Foto: Arquivo/O RegionalQuitandinha

A empresária Karina Ribas Karpinski (PSB) é uma das pré-candidatas a vereadora em Quitandinha. Participando de sua primeira eleição, ela tem na família nomes de importantes políticos na cidade e defende a participação das mulheres na política, além de um diálogo próximo das comunidades. Na gestão da prefeita Maria Julia Wojcik (PSD), Karina esteve à frente da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, áreas que tem bom conhecimento e que buscará uma maior valorização.

Mandirituba

Informações de bastidores dão conta de que alguns servidores da prefeitura de Mandirituba estão em isolamento por conta da suspeita de contaminação com o novo Covid-19. Consequentemente esses servidores, inclusive de primeiro escalão, estão impedidos de participar de reuniões e atendimento pessoais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email