segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Polícia Militar apreende 360 quilos de maconha e prende três na Lapa

Ao todo, foram apreendidos 476 tabletes de maconha possivelmente trazidos do Paraguai. Foto: Divulgação/Polícia MilitarA intervenção ágil da Polícia Militar da Lapa resultou na apreensão de 360 quilos de maconha e dois veículos e na prisão de três pessoas na noite do último domingo. A ocorrência foi registrada na BR 476, sendo que toda a droga estava escondida em um fundo falso no tanque de combustível de uma carreta.

Por volta das 22 horas, a equipe policial recebeu uma denúncia anônima de que no pátio de um posto de combustível, no bairro Mariental, um veículo Sportage, da cor preta, estava carregando no porta malas um tanque de combustível de uma carreta Scania, com placas do Paraguai. Com esta informação, os policiais se deslocaram ao local e localizaram a carreta, a qual de fato estava sem o tanque. “O motorista, um paraguaio, foi indagado pelos policiais, mas disse não ter conhecimento”, detalhou a Soldado Aline Santos, da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar.

A equipe então iniciou o patrulhamento pela BR 476 e, no quilômetro 188, ainda em Mariental, localizou o veículo Sportage, o qual estava com o porta-malas aberto. “Ao avistar os policiais, os dois ocupantes abandonaram o carro em movimento e fugiram a pé. Houve perseguição e um dos bandidos foi capturado”, relatou Aline. Na sequência, os agentes verificaram o veículo, que colidiu em um barranco, e localizaram o tanque da carreta. “Na sede da companhia, foi aberto o tanque e verificado um fundo falso, onde foram encontrados 360 quilos de maconha, distribuídos em 476 tablets.

Além disso, o automóvel estava com placas clonadas e havia sido roubado no Rio de Janeiro”, conta Aline. Os policiais voltaram à carreta, que estava carregada de trigo, e localizaram o segundo criminoso que havia fugido.

As três pessoas envolvidas, os dois veículos e a droga foram encaminhados para a Polícia Federal. “Como envolve um paraguaio, este crime é enquadrado como tráfico internacional e de competência da Polícia Federal”, explica Aline, salientando que esta foi a maior apreensão de drogas realizadas pela companhia da Lapa. “Graças à colaboração da população foi possível realizar esta operação. Possivelmente, a droga vinha do Paraguai e seria distribuída em várias cidades”, conclui Aline.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email