segunda-feira, 29
 de 
novembro
 de 
2021

Poço da comunidade do Boa Vista irá abastecer comunidade de Piên

O novo poço deve evitar a falta de água para os moradores. Foto/Prefeitura de Piên

Uma das maiores demandas da comunidade de Boa Vista foi resolvida nesta semana em Piên. Há cerca de 5 anos os pienenses vinham sofrendo com a falta de água, especialmente nos dias mais quentes. As 260 casas atendidas pela Associação de Água da Boa Vista contavam com apenas um poço que possui uma vazão baixa, com cerca de 5 mil litros por hora. Estudos apontam que para cada 100 residências é necessária uma vazão de 4 mil litros por hora.

No ano passado um novo poço havia sido perfurado e, mesmo com todos os testes de qualidade e vazão realizados, ainda faltava a liberação do Instituto Água e Terra (IAT). Diante do agravamento da falta de água, a prefeitura de Piên buscou agilizar a utilização deste segundo poço, construindo a nova casa de tratamento e promovendo outros investimentos na ordem de R$ 50 mil. A associação também investiu mais de R$ 30 mil na aquisição de materiais, enquanto a Sanepar disponibilizou os equipamentos elétricos e a bomba. 

No último sábado o novo poço entrou em operação e já está abastecendo a comunidade. Segundo a prefeitura de Piên, este poço tem capacidade de vazão de 33 mil litros por hora e está interligado à rede existente. 

“Os resultados das análises apontaram que este poço aqui da Boa Vista é um dos que tem a água mais pura da cidade, sendo garantida a qualidade para nossos moradores”, disse o presidente da Associação de Água, Marcio Alves Domingos, que agradeceu o morador Valdir Vierne que fez a doação do terreno para construção do poço e cedeu por um tempo a energia elétrica para ligação da estrutura. “Este apoio é muito importante e toda a comunidade é grata por este gesto”, enfatiza.

Para o prefeito Maicon Grosskopf o investimento na captação de água é uma das prioridades que vem sendo trabalhada em várias frentes. “Não podemos deixar nossos moradores sem água, é inadmissível que após um longo dia de trabalho a pessoa chegue em casa e não tenha água para tomar um banho, cozinhar ou lavar uma roupa. Estamos enfrentando sérios problemas, mas conseguimos gradativamente avançar e ampliar este serviço essencial”, frisou o prefeito.

A prefeitura também vem executando investimentos na comunidade do Campo Novo, que atenderá o sistema do Pscheidt e levará água para o Milcheski. Em seguida, os serviços seguem para a comunidade do Quicé.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email