terça-feira, 27
 de 
fevereiro
 de 
2024

Projeto que regulamenta o piso da enfermagem em Piên é encaminhado ao legislativo

Prefeito Maicon Grosskopf enviou para a câmara de vereadores o projeto que assegura o pagamento do piso da enfermagem. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Piên
Prefeito Maicon Grosskopf enviou para a câmara de vereadores o projeto que assegura o pagamento do piso da enfermagem. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Piên
Com a regulamentação, os enfermeiros terão salários a partir da R$ 4.750,00 e os técnicos de enfermagem receberão vencimentos a partir de R$ 3.325,00

O projeto de lei que que regulamenta o pagamento do piso da enfermagem no município de Piên, aprovado recentemente em âmbito federal, foi encaminhado, nesta semana, pelo prefeito Maicon Grosskopf para apreciação na câmara de vereadores.  A cidade conta com 15 técnicos de enfermagem e sete enfermeiros, porém, a medida afeta apenas alguns técnicos de enfermagem, considerando que os profissionais de enfermagem já têm seus vencimentos acima do piso recém estabelecido nacionalmente.

Com o documento, os enfermeiros terão salário a partir da R$ 4.750,00 e os técnicos receberão o valor a partir de R$ 3.325,00. Recentemente, o Governo Federal garantiu o repasse desta diferença salarial aos municípios, valores estes que serão pagos integralmente aos servidores, no entanto, os recursos estão garantidos somente até o final de 2023.

Segundo o secretário de Administração, Claudemir de Andrade, uma das preocupações é que a partir do próximo ano o município tenha que arcar com recursos próprios estes reajustes. “Essa é uma preocupação não só de Piên, municípios da região também estão tomando medidas para garantir que a prefeitura não seja onerada com essa decisão nacional”, diz.

Andrade explica ainda que no documento, a prefeitura garante integralmente o repasse à estes profissionais, vinculando ao recebimento do valor do Governo Federal. “Enquanto a União nos encaminhar os valores continuaremos repassando integralmente para os servidores, como forma de assistência financeira complementar”, complementa.

Para o prefeito Maicon Grosskopf, esta é importante medida valorização da classe. “Aquilo que é possível fazer por nossos profissionais, nós vamos fazer, seguindo sempre as orientações e agindo com responsabilidade, prezando pela saúde financeira do município. Os profissionais de enfermagem exercem um papel de extremamente importância na cadeia de atendimento da saúde, e por isso estamos atuando para concretizar realizar este reajuste”, afirma

Conforme a emenda constitucional nº 7.127/2022, compete a união custear os valores a título de assistência financeira complementar para atingir o piso salarial, não sendo repassada esta responsabilidade ao município. Os valores repassados para cada servidor que terá direito ao benefício foram identificados pelo Ministério de Saúde e encaminhados através da plataforma InvestSUS.

De acordo com a administração municipal, os valores já estão disponíveis na conta do município e serão pagos de forma retroativa desde maio deste ano nas próximas folhas de pagamento. Na tramitação do legislativo, o projeto passará por apresentação e, na sequência, será submetido a primeira e segunda discussão para ser levado para votação em plenário.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email