sexta-feira, 19
 de 
abril
 de 
2024

Pinhais aparece entre as 20 cidades que mais geram empregos no Paraná

Geração de empregos tem apresentado números positivos. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Pinhais
Ranking do Ministério do Trabalho e Previdência aponta que o município ficou em 18º a nível estadual, com 137 vagas de emprego ocupadas em junho de 2022

A contratação de trabalho com carteira assinada em Pinhais esteve em destaque no último ranking elaborado pelo Ministério do Trabalho e Previdência, que reúne dados das Agências do Trabalhador em todo o país. Conforme o levantamento, o município ficou em 18º a nível estadual, com 137 vagas de emprego ocupadas em junho de 2022, e os números que deixaram Pinhais como a 4ª cidade que mais empregou da Região Metropolitana de Curitiba, no mesmo mês.

Além da geração de emprego, a abertura de empresas também é crescente no município, e no último dia 10 de julho, Pinhais atingiu a marca de 16.077 CNPJs ativos. Nos mais diversos segmentos de atividades econômicas, são 995 indústrias, 3.411 comércios, mais de 10 mil inscrições em serviços e quase mil autônomos, entre outras atividades.

A diretora do Departamento de Geração de Emprego e Renda, Márcia Ferreira, aponta as ações para fomentar o mercado de trabalho e gerar renda à população. “A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, por meio da Agência do Trabalhador de Pinhais, tem trabalhado diariamente para colocar as pessoas no mercado de trabalho, na captação e abertura de vagas.

Também temos disponibilizado às empresas um espaço para entrevistas, seleção e recrutamento do trabalhador, além de ofertar aos munícipes cursos gratuitos de qualificação de mão de obra por meio do programa Capacita Pinhais. Acreditamos que o emprego dá dignidade ao trabalhador para poder sustentar sua família”, comenta.

Semanalmente, a Agência do Trabalhador de Pinhais divulga as vagas de emprego disponíveis no município. Atualmente, estão abertas oportunidades para soldador(a), auxiliar de produção e operador(a) de empilhadeira, sendo exigidos o ensino médio completo. Para a vaga de soldador é necessário experiência com inox, o salário é de R$ 2.500,00. Para operador(a) de empilhadeira, com salário de R$ 1.711,00, também pede-se experiência, enquanto a vaga de auxiliar de produção não é preciso ter experiência na área, e o salário é de R$ 2.096,00.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email