sábado, 25
 de 
maio
 de 
2024

Estado abre licitação para pavimentar via que liga Mandirituba e São José dos Pinhais

Estrada que liga as cidades de Mandirituba e São José dos Pinhais será pavimentada. Foto: AMEP
Estrada que liga as cidades de Mandirituba e São José dos Pinhais será pavimentada. Foto: AMEP
Trecho a ser pavimentado abrange 26,61 quilômetros, com um investimento de R$ 110 milhões. Iniciativa deve resultar em uma nova ligação metropolitana, estabelecendo conexão estratégica entre as BRs 116 e 376

O governo estadual, por meio da Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (Amep), lançou o edital que prevê a contratação de empresa para a realização de obras de pavimentação na estrada rural que faz ligação entre as cidades de Mandirituba e São José dos Pinhais.

Os trabalhos devem contemplar uma extensão de 26,6 quilômetros, com investimento de R$ 110 milhões, estabelecendo uma conexão estratégica entre as BRs 116 e 376, em Mandirituba e São José dos Pinhais, respectivamente. O projeto tem início no trevo da Volkswagem-Audi, na BR-376, e se estende até a rua Gilberto Palu, conectando-se à BR-116.

O diretor-presidente da Amep, Gilson Santos, afirma que essa iniciativa também promoverá o desenvolvimento econômico e social em toda a região. “Estamos criando não apenas uma estrada, mas sim um corredor que contribuirá para o turismo, facilitará o acesso a áreas agrícolas e fortalecerá a conexão entre os municípios do segundo anel metropolitano. Esta é uma medida estratégica que visa não apenas melhorar a mobilidade, mas também enriquecer a qualidade de vida de todos os envolvidos”, destaca.

Para o prefeito de Mandirituba, Luis Antonio Biscaia, a concretização deste investimento vai resultar em muitas benfeitorias para a cidade. “Esta é uma conquista que beneficiará toda a nossa comunidade, melhorando o acesso e impulsionando o desenvolvimento de Mandirituba”, aponta.

Conforme o edital, a pavimentação será em concreto, um modelo adotado pela sua resistência e durabilidade superiores, além da inclusão de ciclofaixas e iluminação em trechos de maior circulação de pessoas. O processo licitatório, registrado como Concorrência Eletrônica, está marcado para o dia 27 de novembro às 14 horas, e a proposta vencedora será aquela que oferecerá o maior desconto e vantagens ao Estado.

A nova via oferecerá ainda uma alternativa para os municípios de Agudos do Sul, Campo do Tenente, Piên, Quitandinha e Rio Negro, situados no segundo anel da Região Metropolitana de Curitiba, além de ser considerada fundamental para os agricultores locais.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email