terça-feira, 24
 de 
maio
 de 
2022

Obras na BR-116 podem encarecer o pedágio de Mandirituba

Pedágio entre Mandirituba e Fazenda pode ter valor reajustado. Foto/Google
Segundo a concessionária responsável pelo trecho, com a previsão de obras, tarifa pode subir mais de R$ 3

 

O preço do pedágio entre Fazenda Rio Grande e Mandirituba pode ter o valor reajustado. O reajuste de R$ 3,61 se deve, segundo a Arteris Planalto Sul, pela previsão de 19 obras na rodovia, que deve impactar o valor da tarifa.

As obras não tem data para começar, nem o reajuste do pedágio. O tema começou a ser discutido no último dia 7 em audiências da Agência Nacional de Transportes Terrestres. As obras já foram selecionadas, mas serão definidas depois das audiências.

No trecho entre Curitiba e Lages, em Santa Catarina, são 19 obras previstas, sendo 15 no Paraná. O valor estimado prevê R$ 600 milhões com quatro duplicações, 11 novos radares, investimento na iluminação e um retorno.

Na região, as maiores obras estão previstas no trecho de Mandirituba, por conta do grande movimento de caminhões e falta de duplicação. Seis quilômetros devem ser duplicados, em trechos onde são altos os números de acidentes. Também está prevista a duplicação de quatro quilômetros em outro trecho em Mandirituba.

Deve ser construído em Mandirituba, na BR 116, um retorno e uma nova instalação de iluminação. A Arteris informou que participa de audiências públicas como ouvinte e só deve se manifestar sobre as propostas depois que a ANTT der o parecer, fato que deve ocorrer depois do fim das discussões.

 



 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email