segunda-feira, 4
 de 
julho
 de 
2022

O assunto é sério!

A matéria principal desta semana fala sobre o crescimento dos casos de doenças de câncer na população nacional e apresenta informações detalhadas sobre as cidades da região. A reportagem é um trabalho dedicado da equipe de O Regional, embora seja um tema extremamente delicado. Por outro lado, é um assunto de grande importância e muito sério, exigindo cada vez mais atenção das pessoas.

O câncer é uma doença sumariamente complexa por ser desenvolvido a partir de múltiplos fatores e já sendo considerado um dos principais desafios da ciência moderna. Por inúmeras ocasiões nos perguntamos: – com tantos avanços e tecnologias, como ainda não temos a cura para essa doença?

E pior, com o passar dos anos os casos de câncer têm sido cada vez mais frequentes, com tendência de crescimento considerável para as próximas décadas. Se a medicina, ciência e tecnologia ainda não encontraram a cura o que podemos fazer? Prevenção. A melhor arma nessa luta é a prevenção.

Vale lembrar que a população mundial está envelhecendo, ou seja, a perspectiva de vida vem aumentando e muitos casos de câncer são enumerados dentro dessa longevidade por vezes desassistidas dos cuidados necessários. Há também outros descuidos independentemente da idade, como é o caso do tabagismo, do alcoolismo e da obesidade. E até mesmo na ausência de cuidados simples, como da exposição ao sol.

Curiosamente, mesmo sabedores de que existe uma doença tão temerosa e na maioria dos casos fatal, significativa parcela da população não demonstra o mínimo interesse e vontade por manter uma vida saudável e longe de práticas que põe em risco o seu bem estar. O tema, por mais sério que seja é ignorado por muitos.

Ao trazer esse assunto de forma destacada através da nossa matéria principal, queremos não apenas torná-lo uma notícia, mas provocar um alerta e tentar sensibilizar as pessoas pela importância da prevenção e da promoção de uma vida mais saudável. E isso, por sinal, começa desde muito cedo, com a conscientização dos nossos filhos sobre hábitos alimentares, atividades físicas e regularidade no acompanhamento médico profissional.

Viver mais e melhor depende exclusivamente da forma como cuidamos na nossa existência. Se não pudermos evitar, é importante estar bem preparado para enfrentar. Há muitos exemplos de êxito neste sentido. Vida longa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email