terça-feira, 15
 de 
junho
 de 
2021

Mandirituba quer ampliar a habitação

Rosilene apresentou a intenção do município em ser contemplado com programas sociais. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de MandiritubaA prefeitura de Mandirituba vem trabalhando em várias frentes no que tange a habitação. Além da regularização fundiária dos imóveis, a municipalidade também vem buscando auxiliar as famílias de baixa renda a realizarem o sonho da casa própria. Na última terça-feira, a vice-prefeita e secretária de Assistência Social e Habitação, Rosilene Vonsovicz Weber, esteve na Cohapar, onde apresentou novas demandas neste sentido.

Recebida pelo diretor de Regularização Fundiária da Cohapar, Luis Raimundo Corti, Rosilene fez a entrega de uma carta de intensões para aderir ao Programa Faixa 1, que destina moradia para famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.800,00. “Até 90% do valor do imóvel é custeado pelo programa e o restante é dividido em 120 meses, com parcelas mínimas de R$ 80,00”, detalha Rosilene.

Também foi manifestado interesse no Programa Condomínio do Idoso, este destinado exclusivamente para pessoas com mais de 60 anos. “Este projeto já está sendo realizado em outras cidades no Paraná. A estrutura do local conta com área de lazer e outros espaços, sendo que a residência dispõe de toda a acessibilidade necessária”, destaca Rosilene. Através desta iniciativa, a prefeitura é responsável por ceder o terreno e a Cohapar fica encarregada de realizar a construção.

Manifestado o interesse em aderir aos programas, a prefeitura agora aguarda a tramitação dos mesmos junto aos governos estadual e federal. “Este é um passo importante, afinal, quando forem liberados recursos para investimentos desta natureza temos uma grande possibilidade de sermos contemplados”, concluiu Rosilene.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email