segunda-feira, 26
 de 
fevereiro
 de 
2024

Mais de 223 mil eleitores da região estão aptos a votar neste domingo

Eleitores vão às urnas neste domingo para o primeiro turno das eleições. Foto: Arquivo/O Regional
São mais de 660 seções eleitorais no suleste paranaense que estarão abertas para escolha de governantes do país e do estado e representantes do legislativo

Eleitores de todo o país vão às urnas neste domingo para a escolha de presidente, senador, governador e deputados federal e estadual. A votação ocorre no horário das 8 às 17 horas, e ao chegar à cabine de votação, o cidadão votará na seguinte ordem: deputado (a) federal, com quatro números; deputado (a) estadual, com cinco números; senador, com três dígitos; governador (a), com dois números; e presidente, com dois dígitos.

Dados da Justiça Eleitoral apontam para cerca de 156,5 milhões de cidadãos aptos para a votação no território brasileiro, destes, 8,4 milhões no Paraná. Somados os dez municípios da região, o eleitorado é de 223 mil pessoas aptas ao voto. O maior colégio eleitoral é Fazenda Rio Grande, com 83 mil eleitores, enquanto Campo do Tenente tem o menor número de votantes, com cerca de 6,1 mil.

A juíza eleitora Bruna Greggio, que atua no Fórum Eleitoral de Fazenda Rio Grande, que contempla ainda Agudos do Sul, Mandirituba e Piên, orienta os cidadãos quanto aos documentos necessários para a votação. “Você precisa do título de eleitor e documento oficial com foto. Inclusive, sugere-se que baixe o E-Título, aplicativo que baixa no celular, lembrando que não consegue baixar no dia da eleição e precisa fazer o download até o sábado, e então pode levar o título digital”, comenta a juíza, reforçando que o eleitor não tem um tempo determinado para ficar na cabine de votação. “Ele pode ficar o tempo que achar necessário para fazer a votação correta”, orienta.

Quanto a ausências no dia da votação, Bruna explica os procedimentos a serem seguidos para justificar a falta. “Você pode justificar pelo aplicativo ou pode ir até qualquer seção eleitoral e fazer a justificativa presencial, ou tem até 60 dias da eleição para fazer pelo site ou aplicativo. O eleitor que não votou no primeiro turno pode votar no segundo porque são eleições independentes”, detalha.

A juíza eleitoral recomenda ainda que a população acesse a plataforma ‘Gralha Confere’, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) que foi desenvolvida para apurar conteúdos suspeitos relacionados ao processo eleitoral. É conduzido em parceria com instituições públicas e privadas do Estado.

Seções – Nos dez municípios do suleste paranaense são 660 seções eleitorais espalhadas em 160 locais de votação. A eleitora ou o eleitor pode consultar seu local de votação, por nome do eleitor ou por número do título de eleitor, por meio do aplicativo e-Título, ou em contato com os cartórios eleitorais.

Eleitorado. Arte: O Regional



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email