sexta-feira, 20
 de 
maio
 de 
2022

Liberada colheita e venda de pinhão

André e Luiz vendem em média cerca de 100 quilos de pinhão por dia/Foto: O RegionalA comercialização de pinhão deste ano agora já pode ser feita legalmente. Por toda a região, principalmente às margens das rodovias, é possível observar a venda do produto. A colheita e venda do fruto está permitida no estado desde o dia 1º de abril, segundo o Instituto Ambiental do Paraná (IAP).
A data foi estabelecida para que possam ser garantidas a maturação do fruto e a continuidade da araucária no estado, árvore ameaçada de extinção. É nesta época que as araucárias amadurecem as pinhas para a reprodução da espécie. “Precisamos lembrar que o pinhão também serve como alimento para diversas espécies da fauna”, explica o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto.
Quanto às pinhas imaturas, que apresentam coloração verde, cujas sementes – pinhões – apresentam casca esbranquiçada e úmida, a comercialização é proibida, independentemente da data. Portaria do IAP sobre o tema também proíbe o abate dos pinheiros nativos adultos portadores de pinhas nos meses de abril, maio e junho, sob pena de multa.
Na região, era observada a venda do pinhão mesmo antes da data estipulada pelo IAP. Porém agora, com a liberação, é maior o número de vendedores e o volume comercializado. Quem passa por Agudos do Sul com certa frequência já percebeu a venda do pinhão. André de Oliveira e Luiz Soares trabalham em sociedade e vendem em média 100 quilos do fruto por dia. “A cada dia mudamos de ponto, porém, sempre às margens da rodovia”, comenta André.
Os jovens vendem o quilo do pinhão a R$ 6,00 em uma simples redinha. Segundo eles, a produção deste ano foi boa, o que garante uma boa renda para quem se dedica à comercialização do fruto. Bancas estabelecidas às margens das rodovias, bem como outros pontos comerciais, também comercializam o produto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email