quinta-feira, 24
 de 
junho
 de 
2021

Justiça Eleitoral inicia a convocação de mesários

Mesários estão sendo selecionados para trabalharem em uma nova eleição. Foto: Arquivo/O RegionalCom a aproximação das eleições que vão eleger prefeitos, vices e vereadores, a Justiça Eleitoral já deu início a uma série de trâmites para garantir a realização do pleito. Nesta semana, os cartórios eleitorais começaram a convocação de mesários.

Em toda a região, serão mais de 2,4 mil mesários atuando nas eleições municipais, com o maior número de pessoas auxiliando na função em Fazenda Rio Grande, com 800. A capacitação será realizada, pela primeira, vez à distância, com início em setembro.

O servidor da Seção de Planejamento e Logística de Eleição (SPLE) do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), Marcos Alberto Kwiatkowski, detalha que neste ano 88 mil serão mesários em todo o Estado, considerando a previsão de 22 mil seções eleitorais. Serão designados quatro mesários por seção.

Segundo informações repassadas pela técnica judiciário da Fórum Eleitoral de Fazenda Rio Grande, Samantha Balduino dos Santos Ferst, há ainda outras funções a serem convocadas para a atuação durante o processo eleitoral. “Nesta semana finalizaremos o contato com os voluntários e em seguida iniciaremos as devidas convocações por Whatsapp e e-mail. Estamos recebendo diversas solicitações para o trabalho voluntário e realizando as adequações necessárias. Esclareço ainda que existem outras funções a serem convocadas para o pleno funcionamento do processo eleitoral como os secretários de prédio e demais auxiliares. Neste pleito teremos novas funções devido à pandemia como auxiliares para a higienização dos locais e auxiliares para ajudar no fluxo de votação. E ainda teremos pessoal que será responsável por verificar as condições de acessibilidade do local de votação e orientar sobre o atendimento às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida”, detalha.

Campanha – Para as eleições municipais de 2020, diante do pandemia de Covid-19, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) preparou uma campanha para incentivar a inscrição voluntária de mesários. A ação começou a ser veiculada na última sexta-feira e conta com a participação do médico Drauzio Varella, com peças destacando a importância do trabalho dos mesários para o exercício da cidadania dos brasileiros e as providências tomadas pela Justiça Eleitoral para proteger a saúde de todos nas eleições deste ano.

Para atuar como mesário, o eleitor deve ser maior de 18 anos e estar em situação regular perante a Justiça Eleitoral. Qualquer eleitor pode ser escolhido para ser mesário, exceto aqueles que são candidatos e seus parentes, até o segundo grau, ainda que por afinidade, inclusive o cônjuge; membros de diretórios de partidos políticos que exerçam função executiva; autoridades, agentes policiais e funcionários no desempenho de funções de confiança do Executivo; e funcionários do serviço eleitoral.

Se for convocado, o eleitor receberá uma carta de convocação no endereço cadastrado na Justiça Eleitoral, com informações pertinentes às atividades e treinamentos. No caso do mesário voluntário, a convocação não é automática, e o cartório eleitoral vai analisar a ficha de inscrição e verificar se existe vaga na seção de votação do candidato a mesário. Havendo vaga e não existindo impedimento, o eleitor poderá ser convocado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email