quinta-feira, 24
 de 
junho
 de 
2021

Justiça Eleitoral cancela mais de 1,8 mil títulos de eleitor na região

Eleitores que tiveram o título cancelado devem procurar o cartório eleitoral para regularizar a situação. Foto: Arquivo/O RegionalA Justiça Eleitoral divulgou, recentemente, o quantitativo de pessoas que tiveram o título de eleitor cancelado por ausência aos três últimos pleitos. Cada turno é contabilizado como uma eleição, bem como pleitos suplementares realizados.

No total, foram cancelados 2.486.495 títulos em todo o país, sendo 107.815 documentos no Paraná, e 1.815 nos dez municípios do suleste paranaense. A cidade com maior número de cancelamentos na região é Fazenda Rio Grande, com 1.220, enquanto Campo do Tenente, Quitandinha e Rio Negro contabilizaram apenas um, cada. O município de Piên, que recentemente passou por biometria, não contabilizou títulos cancelados.

A chefe do Cartório Eleitoral de Fazenda Rio Grande, Roberta Jurask Bueno de Paula, aponta os impedimentos atribuídos ao cidadão com o documento cancelado. “O eleitor poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo”, detalha Roberta, orientando quanto à regularização da situação eleitoral. “Para se regularizar, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral portando RG, CPF, comprovante de residência dos últimos três meses e o título de eleitor, se ainda possuir. O eleitor também precisa quitar a multa referente à ausência às urnas”, orienta.

Ainda conforme Roberta, qualquer pessoa pode consultar sua situação eleitoral pela internet ou em qualquer cartório eleitoral. “É possível consultar a situação no site do TSE ou TRE, ou pessoalmente no cartório eleitoral com um documento oficial com foto”, finaliza.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email