sexta-feira, 27
 de 
maio
 de 
2022

Jovem da Lapa é eleita Miss Eco Brasil

A jovem lapeana Clarissa Burda Thomsen, de 20 anos, foi eleita Miss Eco Brasil. O Miss Eco International é organizado como um evento internacional de beleza e reúne representantes de comunidades e culturas de todo o mundo. Suas competidoras buscam compartilhar a cultura, projetos ambientais e hábitos ecológicos de forma internacional.

O principal objetivo do concurso é escolher a melhor candidata para ser a Miss Eco com a função de comercializar o ecoturismo em todo o mundo e promover o princípio de salvar o planeta. Não só o meio ambiente, mas através do intercâmbio de culturas entre misses e representantes de países e também para despertar e promover o turismo e o meio ambiente a nível internacional.

A sede do concurso é no Egito, onde o evento ocorre anualmente com duração em torno de 20 dias. Entre as provas do evento, as candidatas fazem diversos passeios turísticos pelo país de cultura milenar e têm a oportunidade de conhecer várias cidades, praias, monumentos e locais históricos.

No concurso as misses devem trocar seus projetos ambientais, ideias e objetivos de voluntariado da comunidade umas com as outras. Os jurados independentes determinam suas opiniões por meio de questões sobre o papel das candidatas na sociedade.

É levado em consideração o impacto das mulheres no trabalho voluntário, no turismo, nas questões ambientais em nível regional e global. Além disso, é levado em consideração opiniões sobre a igualdade de gênero.

A jovem disse que se sente privilegiada por poder representar o Brasil no concurso. “Fico feliz em levar nossa cultura para o mundo inteiro. O coração está a mil para essa viagem!” disse Clarissa. A lapeana conta que sempre quis conhecer o Egito, pois considera que o país é um lugar cheio de história.

 

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email