terça-feira, 26
 de 
outubro
 de 
2021

Informação e irreverência na estréia do Bocó Repórter no site de O Regional

Bocó Repórter/Foto:DivulgaçãoA partir dessa semana, o Jornal O Regional exibe em sua página na internet os vídeos irreverentes do Bocó Repórter, canal criado pelo jornalista pienense Alexandro Kurovski, que mescla humor e técnicas de telejornalismo. O vídeo blog está no ar desde fevereiro e nos últimos dias deu o que falar na região ao exibir uma inusitada receita de “sanduíche prensado a ar“.

Cada vez mais populares no país, os vídeo blogs, ou simplesmente vlogs, seguem estruturas semelhantes a dos já conhecidos blogs e fotologs, com a diferença de serem compostos apenas por vídeos. Possuem atualização frequente e são exibidos diretamente em uma página, sem a necessidade de se fazer download do arquivo.

A ideia do canal partiu na verdade do irmão mais novo do jornalista, André Miguel Kurovski, de apenas 12 anos. “Desde que comecei a ver vlogs no You Tube eu insistia para o meu irmão me ajudar a criar um também”, conta o garoto, que agora participa do Bocó Repórter e demonstra desenvoltura em frente à câmera. Mas até chegar ao formato atual o canal precisou passar por um processo de amadurecimento. “No início não sabia ao certo que temas abordar no canal, não tínhamos sequer um nome para ele”, relata o jornalista.

Os primeiros vídeos feitos pela dupla tratavam de acontecimentos locais com bom humor e traziam dicas divertidas sobre equipamentos esportivos. Alguns, inclusive, ainda permanecem na página do canal no You Tube para mostrar sua evolução. O objetivo agora é oferecer uma temática mais diversificada, com dicas, reportagens, receitas e mini documentários apresentados sempre de um jeito bem descontraído, já que o objetivo principal é proporcionar alguns minutos de entretenimento a quem assiste.

Alexandro, que prefere ser chamado pelo seu apelido Sandro, é formado em jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), é especialista em sociologia política e atualmente cursa mestrado em Comunicação Social também pela UFPR – onde desenvolve pesquisa sobre a influência do telejornalismo local na vida política do curitibano. “Quem assistir o Bocó Repórter pode ficar com a impressão de que o que faço é apenas brincadeira, mas meu trabalho tem um lado sério que envolve desde técnicas de criação e produção até a edição e finalização dos vídeos”, avisa o jornalista; que também é responsável por ministrar a disciplina optativa Relações de Poder no Telejornalismo para alunos dos cursos de Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade da UFPR, além de atuar como redator em uma agência de comunicação na capital.

Ainda não foi definida uma periodicidade para os vídeos, mas a intenção é de que novas produções sejam colocadas no ar a cada duas semanas. Para conferir a estréia do canal basta acessar o site de O Regional: www.oregionalpr.com.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email