sexta-feira, 20
 de 
maio
 de 
2022

Incêndios florestais voltam a preocupar

Até mesmo a vegetação verde tem sido afetada pelas queimadas na região. Foto: Divulgação/Defesa Civil de Piên Já noticiado recentemente por este semanário, os casos de incêndios florestais vêm causando preocupação em todo o estado. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, foram registrados somente neste mês 1.282 focos de incêndio no Paraná, número que supera o comparativo com os últimos 12 anos.

De acordo com o meteorologista do Simepar, Paulo Barbieri, o clima seco e sem chuva faz com que o número de queimadas aumente. “Essa massa de ar quente que está sobre o estado faz com que haja um bloqueio atmosférico e não deixa as frentes frias chegarem até o solo”, explica. Neste final de semana, a previsão aponta que teremos chuvas isoladas, o que deve minimizar a incidência das queimadas.

Incêndio no bairro de Picacinho, em Piên, nesta semana. Foto: Divulgação/Defesa Civil de Piên

Em Piên, o Corpo de Bombeiros atendeu mais de 20 ocorrências de queimadas somente neste mês. “Os focos foram registrados também nos municípios de Agudos do Sul e Quitandinha, com maior incidência na beira das rodovias”, comenta o agente da Defesa Civil, Vinicius Michel Binek. “Na última quarta-feira, atendemos uma ocorrência na PR 281, próximo ao cemitério de Agudos do Sul, onde uma área de 30 mil metros quadrados foi atingida”, conta Vinicius, alertando para alguns cuidados. “É necessário que as pessoas evitem realizar queimadas, já que muitos desses incêndios ganharam proporções maiores em virtude disso. Os motoristas também não devem jogar bitucas de cigarro porque isso pode evidenciar um incêndio”, ressalta.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email