terça-feira, 22
 de 
junho
 de 
2021

Governo faz liberação histórica de recursos para medicamentos

Ratinho Junior enfatizou o compromisso do governo em qualificar o atendimento na área da Saúde. Foto: Rodrigo Felix Leal/AENO governo estadual assegurou recursos para atender municípios paranaenses com medicamentos. O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou na última quarta-feira, no Palácio Iguaçu, o convênio com o governo federal que permite o repasse de R$ 102 milhões para o Consórcio Paraná Saúde, que compra e administra, em parceria com 398 municípios, medicação disponibilizada à população pelo sistema público de saúde.

No mesmo ato, que contou com a presença de cerca de 70 prefeitos de todas as regiões do Paraná, além de secretários municipais de Saúde, o governador também autorizou o repasse de outros R$ 52 milhões do governo estadual para a instituição, totalizando R$ 154 milhões para garantir remédios para os próximos dois anos. A cartela básica de compra engloba pelo menos 160 medicamentos.

Segundo Ratinho Junior, os recursos permitem ao Consórcio Paraná Saúde comprar medicamentos com economia de 40% em comparação com uma negociação individual de um município. Ele também destacou que o estado é um modelo para o país na gestão do sistema de consórcios. “Esse modelo de consórcios é fantástico e o Paraná aprendeu a fazer isso. Estamos aprimorando, ampliando, aperfeiçoando. Queremos atender também outras áreas de equipamentos e segurança, por exemplo, para otimizar os nossos recursos”, enfatizou.

O secretário de estado da Saúde, Beto Preto, disse que a área de medicamentos é fundamental porque atinge a população mais humilde em um momento de extrema necessidade. “É uma estratégia vitoriosa que já completou vinte anos. Apenas Curitiba não faz parte porque compra em larga escala e tem outra estratégia. Mas os demais municípios compram bem e melhor com o apoio dos consórcios”, afirmou.

No mesmo ato, Ratinho Junior e o secretário de Saúde assinaram a liberação de recursos adicionais de R$ 915 mil, em três parcelas de R$ 305 mil, para auxiliar o custeio das ações de média complexidade ambulatorial do Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (Comesp), que atende os 28 municípios da Região Metropolitana de Curitiba.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email