sexta-feira, 24
 de 
setembro
 de 
2021

Governo do Estado anuncia 660 novos pontos de ônibus para a RMC

Governador Ratinho Junior ressalta que melhoria das estruturas faz parte de um amplo investimento. Foto: Rodrigo Félix Leal/AENEm evento no Palácio Iguaçu, na última terça-feira, o governador Carlos Massa Ratinho Junior fez a entrega de 660 novos pontos de ônibus para cidades da Região Metropolitana de Curitiba. Os investimentos por meio da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) somam R$ 3,2 milhões.

As instalações começarão em março, seguindo o cronograma previamente acordado com as prefeituras, e as estruturas serão numeradas e georreferenciadas pela Secretaria de Segurança Pública. Da região suleste paranaense, todos os dez municípios foram contemplados, totalizando 240 novos pontos.

Segundo o governador Ratinho Junior, o investimento é parte do planejamento de reestruturação do transporte público metropolitano e o programa engloba reorganização de linhas, subsídio, reformas em terminais, ampliação dos prazos dos cartões para deficientes e novos ônibus. “Aparentemente é uma medida simples, mas ela é fundamental para quem utiliza o sistema de transporte no dia a dia. A região de Curitiba tem inverno rigoroso, muita chuva. É uma visão social. Vamos amenizar problemas com o tempo de espera e o clima”, disse.

Para o diretor-presidente da Comec, Gilson Santos, os novos pontos trarão mais segurança para os usuários. “Eles estarão no mapa da Secretaria de Segurança Pública, além da proteção contra o clima e do conforto. Muitas vezes eles são utilizados como pontos de localização para as famílias, e agora trarão essa segurança. É um ganho para a Região Metropolitana de Curitiba”, afirmou Santos. “Transporte coletivo é como um ser vivo, a todo momento em movimento. É, também, indutor do crescimento das cidades, da transformação social, e de geração de emprego e renda”, finalizou.

Modelo dos pontos de ônibus foi desenvolvido pela Comec. Foto Arnaldo Alves AEN

O prefeito Cesar Matucheski, de Tijucas do Sul, onde circulam mais de 400 pessoas por dia no transporte público metropolitano, explicou que os novos abrigos substituirão estruturas muito antigas na cidade. “Esses novos pontos darão mais segurança e possibilidade de padronização visual na área central do município”, complementou.

Já o prefeito de Mandirituba, Luis Antonio Biscaia, destacou que os novos pontos serão instalados em locais estratégicos, também substituindo espaços antigos. “Temos vários locais ainda de madeira e outros que há somente placas. Com este investimento, vamos avançar consideravelmente neste sentido, possibilitando conforto à população que diariamente utiliza o transporte público”, finaliza.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email