sábado, 18
 de 
setembro
 de 
2021

Família de Piên aposta no morango para fomentar a atividade no campo

Adriele e Lucas apostaram em uma nova alternativa de renda na agricultura. Foto: Arquivo/O RegionalNos últimos anos, a fruticultura despontou como uma nova alternativa de renda para a agricultura familiar regional. Em centenas de propriedades, produtores rurais têm apostado no cultivo de variedades de frutas, que abastecem o mercado local e estadual.

Um destes exemplos é o casal Adriele e Lucas Ossovski, da localidade de Campina dos Maia, em Piên, que iniciou o cultivo do morango em março deste ano para fomentar a atividade agrícola. No local, os proprietários desenvolvem o método semihidropônico, em uma estrutura de 515 metros quadrados.

Para dar o pontapé na nova cultura, o casal, que também trabalha com a produção do fumo, buscou se qualificar na área. “Inicialmente, participamos do curso realizado pelo Senar que abordou sobre o cultivo da fruta. Fizemos um investimento na estrutura de cerca de R$ 35 mil e já estamos fazendo a comercialização do produto em mercados locais e de Santa Catarina”, conta.

Produção de morango tem atraído vários visitantes. Foto: Arquivo/O Regional

Segundo Adriele e Lucas, uma das vantagem em cultivar a fruta é um formato mais leve de trabalho e uma demanda menor de mão de obra. “Sim, exige dedicação e cuidado com a planta. É uma fruta que produz o ano todo, mas que a partir do segundo ano pode ficar mais sensível a doenças. Mas é atividade que proporciona um sentimento de bem estar em meio aos canteiros”, contam os produtores, que já estudam novos projetos. “Pretendemos buscar sobre a hidroponia e qualificar ainda mais a produção”, finalizam.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email