terça-feira, 15
 de 
junho
 de 
2021

Falta de chuvas compromete o início do plantio do tabaco na região

Bento e Maik estão na expectativa para o plantio do tabaco tão logo venha a chuva nos próximos dias. Foto: Arquivo/O RegionalA estiagem e a escassez de chuvas que afetam todo o Paraná têm refletido diretamente no agricultura local. Iniciando os preparativos para o plantio de mais uma safra, os fumicultores de toda a região já demonstram preocupação diante do cenário.

É nesta época do ano que muitos produtores de fumo fazem a mudança das mudas para a roça e, sem uma terra devidamente irrigada ou com demora em fazer o plantio, a planta pode perder qualidade e comprometer a produtividade.

Para evitar quebras na produção, alguns agricultores buscam alternativas para dar início ao plantio, como é o caso de Maik Lima, acompanhado pelo pai Bento, da localidade de Boa Vista, em Piên. “Já estamos com tudo preparado para o plantio, mas devido à falta de chuvas não é possível seguir com o processo. Com isso, estamos fazendo a poda das mudas e todo o tratamento necessário. Nossa expectativa é pelo plantio de 100 mil pés”, detalha.

Lima, que também cultiva outros produtos, relata que a preocupação é com a perda na qualidade e da produtividade. “Se não chover, as mudas passam do ponto ideal. Além do fumo, cultivamos soja e milho, os quais ainda não iniciamos o plantio por conta das condições climáticas”, pontua.

Segundo o inspetor de campo da Afubra, Vilmar Niser, a orientação de momento é tentar segurar as mudas nos canteiros. “Não adianta fazer o plantio se a terra estiver seca, sem chuva. Assim como outras culturas, o tabaco tem seu ciclo e, diante destas questões de clima, não há muito o que fazer”, considera.

O inspetor reforça ainda que, se possível, os produtores devem reduzir a área plantada. “Estamos trabalhando com o lema de plante menos e ganhe mais. Esta também é uma recomendação importante”, finaliza.

Previsão – Conforme previsão do Instituto Meteorológico do Paraná (Simepar), dois sistemas frontais são previstos para se descolar sobre a região Sul do Brasil e mantêm o tempo instável em diversas áreas do Estado. As chuvas ainda se apresentarão de forma irregular, mas já são previstos temporais localizados. As temperaturas seguem elevadas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email