quinta-feira, 24
 de 
junho
 de 
2021

Estudantes do Paraná terão aulas por meio do ensino a distância

Ensino EaD é uma das formas de minimizar os impactos da paralisação das aulas. Foto: Arnaldo Alves/AENUma nova ferramenta possibilitará aos mais de 1 milhão de alunos da rede estadual de ensino terem acesso ao processo de ensino e aprendizagem enquanto perdurar a crise do coronavírus no país. A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte já iniciou a implantação de pacote de ações que compõem o sistema de Ensino a Distância (EaD) Aula Paraná.

Os estudantes já podem baixar o aplicativo Aula Paraná, por meio do qual poderão acompanhar a produção EaD. No aplicativo, além de assistir às aulas, os alunos poderão interagir com seus colegas e professores em tempo real, em um chat que funcionará como uma espécie de “sala de aula virtual”.

O secretário estadual da Educação, Renato Feder, destacou a importância da alternativa que será utilizada para o processo de ensino. “Estamos passando por um período excepcional que também exige medidas excepcionais. As aulas EaD são a solução que encontramos para que os estudantes do Paraná não tenham seu ano letivo prejudicado por conta do coronavírus. A equipe da Seed está trabalhando muito para que o conteúdo chegue com qualidade aos nossos alunos nesse momento tão difícil”, afirma.

Os diretores do Colégio Frederico Guilherme Giese, de Piên, Josias Terres e Maikel Malchovski, explicam que a instituição tem dado todo o suporte necessário aos estudantes, pais e professores diante da nova ferramenta, inclusive com a divulgação de vídeos explicativos. “Estamos nos organizando para que os alunos possam assistir as aulas e realizar as atividades com o acompanhamento do professor online. As aulas online são uma novidade, pois são todas gravadas por professores do estado de acordo com horário específico. Os alunos que não têm acesso a internet as aulas estão sendo passadas pela TV e a escola enviará as atividade para esses estudantes todas as semanas”, explicam os docentes, reforçando também sobre o acesso a ferramenta Google Classroom. “Esse aplicativo, que pode ser acessado pelo celular ou computador, também traz praticidade no acesso a atividades escolares”, finalizam.

Para o diretor do Centro Estadual de Educação Profissional Lysímaco Ferreira da Costa, o colégio Agrícola de Rio Negro, Alessandro Von Linsingen, os meios digitais têm contribuído de forma positiva para levar os conteúdos aos alunos. “Quanto as disciplinas técnicas da instituição, temos trabalhado para montar as matérias e distribuir de forma digital aos estudantes, possibilitando que eles possam fazer as atividades práticas em suas propriedades”, conta Von Linsingen, enaltecendo o cenário inédito na educação. “As plataformas online reforçam esse processo e estamos reaprendendo em uma nova forma de ensinar”, conclui.

Aplicativo – O Aula Paraná está disponível para ser baixado em celulares que utilizam o sistema Android e em aparelhos iOS. Para fazer o login, o estudante deve informar seu número do Cadastro Geral da Matrícula (CGM) no campo “usuário”, e a senha é a data de nascimento do aluno, no formato DDMMAAAA. Para aqueles que não se lembram de seus CGMs, será adicionada ao site da Área do Aluno a opção “recuperar CGM”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email