domingo, 7
 de 
agosto
 de 
2022

Domingo é dia de atrasar os relógios

Moacir eletricista prefere o horário de verão, já que é possível trabalhar por mais tempo/Foto: O RegionalNeste domingo, os relógios terão de ser atrasados em uma hora já que chega ao fim o horário de verão. Criado em 1931, este novo horário tem por finalidade aproveitar melhor a luz do dia e consequentemente economizar no consumo de energia elétrica. Ele está em vigor no Distrito Federal e em mais dez estados.
Com a crise que ameaça o país, com os índices de chuva abaixo do esperado nos últimos meses e a queda acentuada no nível de água nas represas das principais hidrelétricas, o governo federal havia cogitado estender esse horário por mais algum tempo. Contudo, desistiu desta medida, alegando que estudos realizados mostraram que a economia nesse período seria muito pequena. Outro empecilho seria a adaptação do setor de transportes e aviação civil, que já programaram seus itinerários contando com o fim do horário de verão. Para o Operador Nacional do Sistema (ONS), há riscos de apagões no país.
O horário de verão também mostra-se bom para alguns, mas nem tanto para outros. Em alguns casos, o horário de verão não é vantajoso, como para os supermercados. De acordo com o gerente Ariel Paes Pacheco, do Mig Atacado e Varejo Ltda, da Lapa, neste período o gasto é maior, já que os refrigeradores consomem mais energia elétrica. “Calculamos um aumento de cerca de 10% no consumo”, relata. “Por outro lado, neste horário, quando os funcionários encerram o expediente, ainda é dia e eles podem aproveitar para realizar algum trabalho extra em suas casas”, pondera Ariel.
Ao contrário disso, um dos profissionais que têm vantagem com o novo horário é o eletricista Moacir Domingos, de Piên. “Com o horário de verão, o dia é melhor aproveitado. A cada duas semanas ou uma semana e meia eu ganhava praticamente um dia de trabalho. Para quem é autônomo, o horário de verão é muito vantajoso”, comenta Moacir.
Vantajoso ou não, o fato é de que os relógios terão de ser atrasados em uma hora. Ou seja, quando for zero hora do próximo domingo, os ponteiros voltam para às 23 horas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email