sábado, 2
 de 
março
 de 
2024

Dia D de multivacinação será realizado no dia 21 de outubro no Paraná

Dia D movimenta a população em busca da multivacinação. Foto: Arquivo/AEN
Dia D movimenta a população em busca da vacinação. Foto: Arquivo/AEN
Objetivo do trabalho conjunto em todo o Estado é elevar a cobertura vacinal e alertar para a importância da imunização. A campanha de multivacinação começa em 14 de outubro e segue até o dia 28 do mesmo mês

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) formalizou, juntamente com os municípios do Paraná, o compromisso para uma mobilização estadual de imunização. O Dia D de multivacinação para toda a população será em 21 de outubro, com um grande chamamento dos paranaenses.

O compromisso foi firmado entre a Sesa e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems/PR) durante a 4ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/PR), ontem, em Curitiba. A campanha tem início em 14 de outubro e vai até o dia 28 do mesmo mês.

O diretor-geral da Sesa, César Neves, afirma que a participação de todos, em um trabalho conjunto, é fundamental para a tomada de decisões e o resultado das pactuações afetam diretamente a população. “Todos participando para um objetivo só, que é aumentar nossa cobertura vacinal, que já foi uma das melhores do País e referência. Todas as vacinas estarão disponíveis e contamos com todos os profissionais, gestores e a população para um grande dia”, aponta.

Segundo a diretora de Atenção e Vigilância, Maria Goretti Lopes, responsável pela área da Imunização da Sesa, a campanha é mais um reforço e um alerta para a população estar em dia com a vacinação. “A iniciativa é em conjunto com o Ministério da Saúde, estados e municípios, em uma grande ação nacional. Agradecemos muito a todos que irão participar, desde o pequeno até ao maior município”, enfatiza.

Um levantamento da Sesa aponta que 669 mil doses da vacina contra a Influenza, por exemplo, estão disponíveis nos municípios para a população em geral.

Linhas de cuidados – Dentro da demanda das Linhas de Cuidado (materno-infantil, idoso e pessoa com deficiência), foi apresentada e firmada na Comissão a agenda com as ações neste segundo semestre para um grande avanço na estratégia estadual ‘Envelhecer com Saúde no Paraná’.

Entre elas estão a criação de uma nova forma de abordagem e estratégias de avaliação da pessoa idosa, como detalha presidente do Cosems e secretário municipal de Saúde de Mangueirinha, Ivoliciano Leonarchik. “Estamos aqui pela quarta vez neste ano, alinhando novas ações, confrontando ideias. É muito importante esse momento para os municípios do Paraná. Alguns assuntos demandam tomada de decisão rápida e assertiva, e é nesse momento aqui que podemos trazer soluções para os municípios”, explica.

Como assunto permanente, o cuidado da gestante terá uma atenção especial e mais direcionada ainda, sendo acordada a criação de um grupo especializado para acompanhar as demandas municipais onde os índices de mortalidade infantil estão abaixo do esperado. E Houve ainda a discussão sobre a importância do programa de incentivo financeiro para a reabilitação de deficiência intelectual e, finalizando a pauta, foram definidas ações estratégicas para enfrentamento de doenças crônicas e agravos não transmissíveis, a alteração do fluxo de priorização e autorizações dos procedimentos cirúrgicos e o debate sobre a importância de novas ações para o combate das arboviroses no Paraná.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email