sábado, 22
 de 
janeiro
 de 
2022

Compras durante a Black Friday exigem cautela dos consumidores

PROCON faz recomendações para evitar complicações durante as compras. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Com origem nos Estados Unidos, ainda nos anos de 1960, a Black Friday caiu no gosto dos consumidores brasileiros desde 2010, com a intenção de esvaziar o estoque de peças e produtos, para renová-los antes do Natal. A campanha de vendas acontece nesta sexta-feira, com uma série de promoções, descontos e ofertas.
Diante de tantos produtos com preços tentadores, os consumidores devem estar atentos para não cair em golpes, especialmente em função do volume de condições de compras motivadas pela Black Friday.
Para a diretora do Procon de Rio Negro, Clara de Oliveira, o cenário atual aponta para um aumento das compras online. “É sempre necessário verificar se o site é confiável. Também é orientado ver sobre o preço, se o desconto é real. Para as lojas físicas, a recomendação é sempre testar o produto antes da compra. Havendo qualquer divergência que o consumidor não consegue resolver junto à empresa, deve-se procurar o Procon”, orienta.
Recentemente, a chefe do Procon-PR, Claudia Silvano, também pontuou sobre alguns cuidados para evitar dores de cabeça durante as compras, como acompanhar a variação de preços, não considerar apenas as promoções online, estar atento a links recebidos por redes sociais e avaliar se realmente precisa comprar nesse momento “Todo o cuidado é pouco para o consumidor fazer uma boa comprar e não levar prejuízos”, alerta.



 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email