segunda-feira, 20
 de 
setembro
 de 
2021

Comércio demonstra otimismo com as vendas de Natal e Ano Novo

Estabelecimentos comerciais de toda a região já vêm apresentando um significativo movimento nos últimos dias para compras de presentes e artigos natalinos. Foto: Arquivo/O RegionalCom a chegada das festas de fim de ano, um dos setores que já se prepara para este período é o comércio. Desde o início do mês, com toda a estrutura decorada, as lojas vêm apresentando promoções, descontos e uma variedade de presentes.

E mesmo diante do cenário da pandemia, os lojistas seguem confiantes e estimam que as vendas possam apresentar bons resultados. Além disso, o setor também vem buscando alternativas que possam fomentar o comércio.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Piên e Agudos do Sul (Acipien & Aciapsul), Wilson Luiz, reforça que a expectativa é de recuperação parcial dos impactos sofridos ao longo do ano. “Alguns setores da economia acabaram expandindo e outros tiveram retração. E essas retrações acabaram atingindo, principalmente, o varejo e alguns segmentos. Nossa expectativa de fim de ano, mesmo diante da pandemia, é de recuperação dos prejuízos que foram levados durante o período, que nos custaram correria, muitos contatos, às vezes brigas contra decretos e discussão de portarias. E a Associação Comercial sempre esteve presente nestas discussões buscando defender o interesse do empresariado, que era o maior impactado”, explica.

Na avaliação do presidente, a atualização constante é essencial para que o comerciante possa fomentar as vendas diante deste cenário. “A Associação Comercial tem trazido neste período de pandemia muitos treinamentos de empresas parceiras, entre elas o Sebrae. São capacitações para trabalhar com vendas online, especializações em delivery, novas linhas de produto, novas filosofias de trabalho para saber qual o atual mercado. Então, pedimos aos empresários que não percam as oportunidades de estarem reciclando, aprendendo mais, automatizando e informatizando suas empresas”, orienta.

Segundo Alex de Paula, responsável pela Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo de Mandirituba, mesmo com as dificuldades causadas pela pandemia, a prefeitura está mantendo todos os esforços possíveis para seguir com o comércio e as demais empresas em atividade. “Com as devidas orientações sanitárias e manutenção do horário de atendimento, esperamos que as expectativas do comércio local sejam alcançada, levando em consideração o 13º que injeta um bom valor no comércio e o próprio auxílio emergencial que dispõe de recursos aos moradores que tem direito”, pontua.

De Paula reforça que as vendas tiveram grande impacto no setor lojista, com uma recuperação modesta no volume nos últimos meses. “O primeiro impacto é de perca de receita, com o advento da pandemia a população optou por ficar em casa e conter o consumo, mas na medida em que o tempo foi passando, as pessoas entenderam que é possível manter alguns hábitos do cotidiano mantendo os devidos cuidados sanitários, e com isso as lojas começaram a receber clientes, mas com muita cautela, realizando ações em busca de clientes, mas tomando cuidado par não haver aglomerações”, detalha o servidor, salientando as medidas necessárias para que os comerciantes possam seguir com suas atividades neste período. “A orientação é sempre o cuidado principal com a saúde, tanto dos clientes quanto dos funcionários, constantemente é realizado o contato para saber como está a situação, e na medida do possível, os horários e dias de atendimento são mantidos para proporcionar melhor condições de trabalho, sempre tendo como base os boletins diários da Covid 19 que a Secretaria de Saúde apresenta”, finaliza.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email