terça-feira, 15
 de 
junho
 de 
2021

Começa hoje cadastramento obrigatório de rebanho no Paraná

Produtores podem fazer o cadastramento na unidade da Adapar ou ainda pela internet. Foto: DivulgaçãoCom a suspensão da vacinação contra a aftosa em todo o Paraná, terá início nesta sexta-feira, seguindo até 30 de novembro, a campanha de cadastramento obrigatório do rebanho. O fim da vacinação foi autorizado recentemente por instrução normativa assinada pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

A atualização do rebanho dos animais que circulam no Estado com interesse econômico ficará a cargo da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar). O cadastro pode ser realizado diretamente no site www.adapar.pr.gov.br, nas unidades da agência espalhadas pelo Estado e em instituições autorizadas, como algumas prefeituras e sindicatos rurais.

De acordo com o médico veterinário da unidade da Adapar da Lapa, Weston Lemos Wendling, os proprietários devem atualizar todo o rebanho existente no estabelecimento rural. “Todas as espécies existentes na propriedade rural devem ser atualizadas, desde bois, búfalos, cabras, ovelhas, suínos, cavalos, jumentos, mulas, galinhas e peixes”, explica Wendling, reforçando que, caso o produtor não realize o cadastro ficará sujeito a penalidades. “O cidadão será penalizado com multa de dez Unidades Padrão Fiscal (UPF/PR) referente a cada infração cometida. O valor da UPF/PR é ajustado mensalmente e hoje está em R$ 104,31, ou seja, a multa seria de R$ 1043,10 para quem não atualizar o cadastro no mês de novembro. Além disso, o proprietário não receberá a Guia de Trânsito Animal (GTA)”, finaliza.

O cadastramento obrigatório, a partir de agora, acontecerá duas vezes por ano, nos meses de maio e novembro, sempre entre os dias 1º e 30 de cada mês.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email