sábado, 25
 de 
setembro
 de 
2021

Com incertezas, comércios buscam fomentar vendas no volta às aulas

Variedade em produtos escolares é uma das apostas para intensificar a venda do tradicional volta às aulas nos comércios locais neste início de ano. Foto: Arquivo/O RegionalA volta das aulas é um dos períodos mais aguardados pelos estabelecimentos comerciais, que anualmente apostam em ofertas e promoções de itens escolares para incrementar o faturamento. Neste ano, de forma atípica, as vendas estão iniciando de maneira mais tímida, motivadas principalmente pelas incertezas do retorno das atividades educacionais de forma presencial.

Apesar do cenário, os comerciantes têm buscado alternativas para colocarem seus produtos no mercado e, de certa forma, manter ou se aproximar do ritmo de vendas de anos anteriores.

O gerente da loja Casa Gêmeos, de Mandirituba, Rodrigo Felipe, destaca que com a imprevisibilidade do retorno das aulas, a procura pelos materiais vem sendo relativamente baixa. “Ainda é um cenário de incertezas e as pessoas têm buscado os itens de forma mais tímida”, detalha o comerciante, enaltecendo que a expectativa é que o setor possa engrenar novamente. “Diante disso, estamos buscando meios para promover novos produtos que possam ser utilizados, além de promoções e liquidações que possam fomentar o faturamento. É preciso se reinventar”, pontua.

O Bazar Santa Rita, de Agudos do Sul, também vem se preparando para atender os clientes e, conforme o proprietário Paulo Henrique Rabelo Cerqueira, a expectativa é que a procura e as vendas se intensifiquem ao longo dos dias. “A procura vem acontecendo aos poucos, vemos que os pais estão aguardando se realmente as aulas irão voltar para poder comprar o material de seu filho”, detalha.

Para Cerqueira, considerando a pandemia, é imprescindível oferecer meios para que as pessoas possam efetuar suas compras de forma segura. “Buscamos o melhor em volta às aulas para os clientes com uma variedade em produtos e preços baixos. Nossa loja também oferece atendimento pelo WhatsApp, com orçamento e fotos dos produtos”, finaliza.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email