sábado, 2
 de 
julho
 de 
2022

Chuva e economia de água mantêm estável nível dos reservatórios na RMC

As chuvas do fim de semana afastaram a implantação de um rodízio mais severo em Curitiba e Região Metropolitana e melhoraram a performance das barragens. Foto - Geraldo Bubniak

As chuvas do fim de semana afastaram a implantação de um rodízio mais severo em Curitiba e Região Metropolitana e melhoraram a performance das barragens. As chuvas também contribuíram para amenizar a situação na região Sudoeste, onde a Sanepar mantém sistema de rodízio em Santo Antônio do Sudoeste e Pranchita.

O nível médio dos reservatórios do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (SAIC) está em 52,72%, pouco acima do acumulado na última sexta-feira (18), que era de 50,97%.

Neste fim de semana a chuva registrada nos reservatórios foi de 45mm na Barragem do Iraí, 77mm na região do Reservatório do Carvalho nos Mananciais da Serra e de 42mm no Reservatório do Passaúna. Estes valores são próximos ao registrado pelo Simepar para a RMC, que foi em torno de 50mm. O sistema de abastecimento ainda apresenta um déficit de 20%.

O diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Julio Gonchoroski, diz que o esforço da Sanepar é para manter o nível dos reservatórios estáveis e a expectativa é de que as chuvas previstas para dentro da média melhorem a condição hídrica e ajudem a manter o abastecimento de água.

SUDOESTE – Na região Sudoeste, as chuvas foram de aproximadamente 50mm e contribuíram para amenizar a situação. Porém, o volume ainda não foi o suficiente para recuperar os mananciais de abastecimento que estão com redução de vazão em torno de 60%. As chuvas do início do ano até agora estão 50% abaixo da média.

USO RACIONAL – A Sanepar mantém o alerta de economia de água pela população, orientando o uso prioritário para alimentação e higiene pessoal. As dicas são para reduzir o tempo de banho, manter a torneira fechada enquanto se escova os dentes e se faz a barba. Deve-se acumular roupa e louça para lavar de uma só vez. A lavagem da calçada, quintal, carro e rega de jardim deve ser feita com água reaproveitável e não potável.

Via Agência Estadual de Notícias

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email