sábado, 19
 de 
junho
 de 
2021

Chegada do inverno preocupa saúde com o aumento nos casos de gripe

Doutor Floriano ressalta que os cuidados adotados pela população têm diminuído consideravelmente os casos de gripe. Foto: Arquivo/O RegionalCom a chegada do inverno, a tendência é que as temperaturas despenquem e o clima fique ainda mais seco. Esta combinação climática é um fator que propicia o aumento nos casos de gripe, panorama que vem preocupando todo o sistema de saúde, o qual vive uma grande pressão devido à pandemia da Covid-19.

O principal dilema dos profissionais de saúde está em distinguir uma simples gripe de um caso de coronavírus. “Os sintomas são muito parecidos, sendo comum febre, dores musculares e de cabeça”, relata o clinico geral e pediatra da prefeitura de Campo do Tenente, Floriano Kaiss, pontuando algumas questões de alerta. “Quem tomou a vacina contra a gripe e apresenta sintomas tem uma probabilidade maior de estar com a Covid, a qual tem uma particularidade que é a falta intensa de olfato e paladar, além de tosse seca e fortes dores na altura do tórax”, detalha Kaiss.

Neste ano, em virtude das medidas de distanciamento social e do uso de máscaras, o número de casos de gripe caiu consideravelmente. “Neste período, era comum termos uma grande procura. Agora, com as aulas suspensas e os cuidados de isolamento adotados pela população, temos um cenário bem diferente, além de que muitas pessoas acabam optando por não procurar atendimento”, conta o médico, fazendo um alerta neste sentido. “Temos toda uma estrutura adequada e preparada para atender os pacientes. Quando há suspeita, a coleta de exames acontece no município e é sugerido o resguardo temporário, evitando assim um contágio maior”, explica.

Para minimizar as possibilidades de contrair gripe ou mesmo a Covid, o profissional ressalta a importância das pessoas seguirem as orientações propostas. “Além disso, uma boa alimentação e a ingestão de líquidos, como suco de laranja, rico em vitamina C, somado a realização de exercícios físicos, auxilia o organismo a se fortalecer. Também sugerimos que ambientes fechados e de aglomerações sejam evitados, sendo importante a ventilação de ar nas casas”, finaliza Kaiss.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email