terça-feira, 15
 de 
junho
 de 
2021

Bombeiros alertam para afogamentos no Litoral

Foto: SESP
Foto: SESP

Nos primeiros dias do Verão Consciente 2020/2021, mais de 11,7 mil pessoas foram atendidas em ações do Corpo de Bombeiros no litoral do Paraná. Entre os dias 19 e 27 de dezembro, os guarda-vidas, distribuídos em 91 postos de atuação, fizeram mais de 7,2 mil orientações e 3,5 mil advertências com o objetivo de alertar, proteger e orientar o cidadão que mora no Litoral ou está passando férias na região. Neste período, foram registrados quatro óbitos por afogamento e 112 salvamentos (entre ilesos, leves, moderados e graves). Dos óbitos registrados, três ocorreram em Matinhos e um em Guaratuba. Em apenas um caso a vítima chegou a ser socorrida, mas chegou em óbito ao hospital.

“No início desta temporada, tivemos uma melhora no que diz respeito aos salvamentos, ou seja, a maioria (107) corresponde à vítimas que saíram da água ilesas ou com grau de afogamento leve. Já nos últimos dois dias, houve uma gravidade maior, os graus de afogamento aumentaram e tivemos no final de semana duas vítimas fatais”, relata o Comandante do 8º Grupamento de Bombeiros, tenente-coronel Jonas Emanuel Pinto. “Desde o dia 19, tivemos quatro óbitos, sendo todos fora da área protegida por guarda-vidas e, um deles, fora do horário de atendimento dos profissionais, às 20 horas já”, completa.

Os Bombeiros alertam que somente é seguro nadar em locais onde estejam visíveis duas bandeiras, de cor amarela e vermelha, e o posto de guarda vidas, os quais sinalizam a área protegida. “Alertamos a população para que, ao entrar no mar, procure manter sua atenção nos postos de guarda-vidas que podem ser encontrados a partir da sinalização das bandeiras distribuídas pela praia, sempre mantendo cuidado em relação ao banho de mar, pois num momento como agora, mais afogamentos significa pressionar ainda mais as unidades de saúde regionais, as quais já estão operando em capacidade máxima para cuidar dos afetados pela COVID”, alerta o tenente-coronel.

Desde o início da Operação Verão Consciente, ocorreram 112 salvamentos, entre ilesos (97), leves (10), moderados (1) e graves (04). Para a prevenção, o Corpo de Bombeiros atua nas praias com um um efetivo de 782 bombeiros militares e 195 guarda-vidas civis fixos, número este que pode ser versátil dependendo da movimentação das pessoas na costa leste.

ÁGUA-VIVA – Os acidentes com águas-vivas diminuíram drasticamente em relação a 2019.  Foram 166 casos registrados este ano, contra 668  no ano passado, o que representou queda de 76% nas ocorrências.

AÇÕES DIVERSAS – Nestes primeiros dias, os bombeiros localizaram 67 crianças perdidas, que foram devolvidas aos seus responsáveis, e distribuíram 581 pulserinhas de orientação. No mesmo período, em 2019, foram 76 crianças perdidas, entregues à seus responsáveis, e mais de 1,6 mil pulserinhas distribuídas.

 

PANDEMIA – A orientação do Corpo de Bombeiros é que população evite aglomerações nas praias devido à pandemia, mantendo o distanciamento. Além disso, deve-se sempre manter a higienização das mãos e o uso de máscaras, que podem ser retiradas apenas para alimentação ou para o banho de mar e, em caso de qualquer sintoma gripal, procurar orientação para o atendimento de saúde.

 

Fonte: AEN

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email