terça-feira, 28
 de 
maio
 de 
2024

Auditorias do TCE-PR avaliam qualidade do ensino em Tijucas e Mandirituba

Equipe do TCE-PR visitou escolas em Tijucas do Sul durante auditoria. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Tijucas do Sul
Equipe do TCE-PR visitou escolas em Tijucas do Sul durante auditoria. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Tijucas do Sul
Atividades fazem parte do Plano Anual de Fiscalização do TCE-PR, com a finalidade de verificar a qualidade do ensino, com ênfase no combate e tratamento da defasagem no aprendizado

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) realizou, nos últimos dias, auditorias na área da Educação em quatro municípios paranaense. Executadas por duas equipes, as atividades fazem parte do Plano Anual de Fiscalização (PAF) de 2023 do TCE-PR e ocorreram em Mandirituba, Paranacity, Querência do Norte e Tijucas do Sul.

Neste ano, as auditorias do PAF Educação se concentram em municípios de pequeno porte, possuem caráter operacional e tem a finalidade de verificar a qualidade do ensino, com ênfase no combate e tratamento da defasagem no aprendizado, conforme definido na Diretriz nº 17 do PAF 2023, o que se enquadra nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com o TCE-PR, as auditorias têm como objetivos específicos avaliar o planejamento das ações de enfrentamento à defasagem no aprendizado; a adequação da capacitação de professores e gestores escolares; a qualidade do acompanhamento do aprendizado dos alunos; e a adequação do reforço escolar ofertado e das ações de prevenção e enfrentamento da violência e exclusão social no ambiente escolar.

Na avaliação do prefeito e do vice de Tijucas do Sul, Altair Gringo e Claudemir da Rocha, a visita foi positiva e pôde apresentar o andamento da área educacional do município. “A equipe visitou quatro escolas e deu uma ótima devolutiva, elogiando a qualidade do ensino e o tratamento que todos quesitos são tratados, com responsabilidade e transparência pela secretaria de educação. Tijucas do Sul se destaca, ofertando um ensino de excelência para os mais de 2 mil estudantes da rede municipal”, comentaram.

Entre os benefícios apontados pelo TCE com as ações fiscalizatórias, está a capacidade de examinar de forma independente a atuação dos gestores, contribuindo para o aperfeiçoamento da administração pública e incentivando o aprimoramento da governança, por meio da avaliação da eficiência, efetividade, eficácia e economicidade dos serviços prestados à população. Ainda, buscam contribuir para que o Tribunal consiga auxiliar os administradores públicos locais na identificação e na resolução dos principais problemas relativos à área auditada, com a apresentação de recomendações de melhorias na gestão pública dos municípios visitados.

Em Mandirituba e Tijucas do Sul, a fiscalização foi conduzida pelos auditores de controle externo Nelson Nei Granato Neto, da CAUD; e Murilo Erpen Zardo, da Diretoria de Comunicação Social (DCS).



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email