terça-feira, 30
 de 
novembro
 de 
2021

Associação de Água do Aterrado Alto busca regularização da entidade

Encontro abordou assuntos relacionados à atuação da entidade na comunidade. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Piên

A Associação de Água de Aterrado Alto, de Piên, está trabalhando de forma constante na ampliação e modernização do sistema de distribuição de água na localidade. Com 236 pontos de água conectados à sua rede, e um moderno sistema de leitura de faturas, a entidade pretende avançar ainda mais, almejando novos serviços para oferecer à comunidade.

Nesta semana, o prefeito Maicon Grosskopf, acompanhado pelo secretário de Governo, Josnei Grosskopf, e pelo secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Carlos Magon, recebeu os representantes da associação, Altair Buba, Abílio de Camargo e Renato Forteski, para tratar sobre a busca pelo reconhecimento da associação como uma entidade de utilidade pública. O reconhecimento poderá ser feito legalmente após o prazo de um ano de existência do CNPJ da entidade, o que deve ocorrer em breve.

Ainda no encontro, a entidade também solicitou o auxílio da prefeitura para a implantação de uma nova rede de abastecimento, que deverá levar água para cerca de 12 famílias que ainda não contam com o serviço, conforme detalha Abílio Camargo, membro da associação. “Nós temos diversos projetos que visam melhorar a qualidade de vida dos moradores da nossa localidade, para isso estamos nos unindo em busca de apoio para fortalecer a associação”, disse.

De acordo com o secretário Josnei Grosskopf, a associação possui uma rede de distribuição de água com padrões de grandes companhias, a exemplo dos diversos registros implantados no decorrer da rede, o que possibilita fechar apenas alguns pontos em caso de necessidade de manutenção. Outro fato é relacionado à leitura e emissão de fatura, a qual na hora da medição já é emitido um documento com o extrato e o boleto referente ao consumo do morador, além da instalação de uma chave boia, que é um sistema de liga e desliga fazendo com que não aconteça perca de água do reservatório. “Realmente a associação tem uma organização muito boa seguindo inclusive os padrões da Sanepar”, ressaltou.

O morador Renato Forteski comentou que para o futuro, a entidade estuda a possibilidade de ajudar em outros serviços, como o sistema de internet, com a intenção de atender todo o bairro, a um preço reduzido, necessário somente para custear as despesas, além da intenção em realizar investimentos em energia solar. “São planos que temos e que vamos buscar para levar tecnologia para os moradores do Aterrado Alto com um custo mais baixo”, comentou.

Carlos Magon, secretário de Agricultura e responsável pelo sistema de água do município, comentou que já vem trabalhando para melhorar a distribuição de água em diversos pontos da cidade. “Estamos trabalhando na manutenção e criação de novas redes de distribuição de água”, afirmou.

Na oportunidade, o prefeito Maicon Grosskopf colocou o município à disposição para a busca de recursos para o fortalecimento da entidade. “Fortalecendo a entidade temos a certeza que estamos fortalecendo todos os moradores daquela localidade. São investimentos que irão gerar não só economia para os moradores, mas também qualidade de vida para a população”, frisou.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email