sexta-feira, 25
 de 
junho
 de 
2021

Abastecer com gasolina ainda continua sendo vantajoso na região

Luiz Felipe relata que a disputa de preços beneficia os consumidores. Foto: Arquivo/O RegionalPara quem possui carros com motores flex, que podem ser abastecidos tanto com gasolina quanto com etanol e assim tem a possibilidade de escolha, abastecer com o derivado do petróleo segue sendo vantajoso na região. É o que apurou a redação deste semanário ao pesquisar os preços dos combustíveis em cidades do suleste paranaense nesta semana. Outro ponto observado é que os valores estão ligeiramente mais baixos em relação aos que eram praticados em levantamento feito há cerca de um ano.

A gasolina tem um preço médio de R$ 4,08 o litro, 2,4% mais barato do que os R$ 4,18 de um ano atrás. O valor do etanol na região teve queda de 2%, estando em média R$ 2,92, ante os R$ 2,98 de 2018. Já o preço médio do diesel, agora em R$ 3,22, está 6,7% mais baixo do que os R$ 3,45 do ano passado.

Maioria dos motoristas tem optado por gasolina. Foto: Arquivo/O Regional

Para os carros bicombustíveis, considerando-se a tese que o etanol rende em média 30% menos que a gasolina, a única cidade da região em que é vantagem abastecer com o derivado da cana-de-açúcar é Contenda. Nas demais, a gasolina é apontada como vantajosa. Vale lembrar que a relação de rendimento entre os dois combustíveis pode variar de acordo com cada veículo.

Segundo o gerente Luiz Felipe de Oliveira, do posto Nuele 2, de Campo do Tenente, à medida que o preço do litro da gasolina vai chegando à casa dos R$ 4,10, observa-se um aumento na procura pelo etanol. “Mas quem usa calcular a média, tem, nos preços atuais, preferido a gasolina”, pontua.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email