quinta-feira, 24
 de 
junho
 de 
2021

A importância da Economia Ecológica para nosso Litoral

Há muito tempo vem sendo discutido o rumo que a pesca paranaense segue. É fato que outros Estados brasileiros conseguem aproveitar de forma mais efetiva todo o produto pesqueiro oriundo desta atividade. Mas como podemos mudar esta realidade e tornar nosso pescador consciente da importância de se respeitar o meio ambiente? Através da chamada Economia Ecológica. Se houver uma pesca consciente por parte de todos aqueles que retiram do mar o seu sustento, teremos uma constância de quantidade e qualidade de frutos do mar como há tempos não observamos.

Em entrevista com um pescador da região de Paranaguá confirmei as minhas informações sobre a queda abrupta de produtividade de nosso litoral. Temos como fatores agravantes de tal situação as constantes agressões ao mar e seus habitantes como, por exemplo, a frequência de acidentes com produtos químicos em nossas baías (alguém por acaso ainda se lembra do Navio Vicuña?) e a tão estudada “bioinvasão” de espécies oriundas de inúmeras partes do mundo através de, entre outras maneiras, pela água de lastro dos navios. Mesmo com ações para amenizar a ação de um vazamento de produtos químicos os danos são irreparáveis. Todo um litoral sofre alteração diminuindo assim a oferta de alimento para os peixes entre outros animais marinhos. Já com a água de lastro, mais de 7.000 espécies são movimentadas todo o ano pelo mundo causando desequilíbrio ambiental se tornando uma das principais formas de bioinvasão.

É evidente que tais fatores não têm como causa a ação dos pescadores, mas afetam sobremaneira o seu sustento e pode ainda ser agravado pela pesca sem planejamento e consciência ecológica. Se há um planejamento de pesca com o comprimento das épocas de desova e reprodução, teremos um mar cada vez mais rico e saudável, gerando sustento a tanta gente que ainda vive da pesca artesanal.

Por: Raphael Rolim de Moura – Biólogo, Especialista em Gestão e Planejamento Ambiental, Mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Professor universitário e atualmente ocupa Diretoria na Comec

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email