quarta-feira, 17
 de 
agosto
 de 
2022

Usuário do transporte da RMC terá um cartão-transporte para ir e outro para voltar

Com o cartão, o isento passa normalmente pela catraca, sem diferenciação/Foto: Divulgação / SMCSA partir de quinta-feira (6), com exceção dos isentos, o cartão transporte da Urbs não será mais aceito no sistema metropolitano. O vale de papel, usado desde que a desintegração financeira da Rede Integrada de Transporte aconteceu no começo deste ano, passará pelas catracas até o final de 2015.
Como a Comec ainda não tem cadastro de isentos, o banco de dados da Urbs vai permitir que idosos, pessoas com deficiência e aposentados por invalidez continuem a embarcar normalmente. Com isso, passageiros que têm gratuidade e embarcarem a partir de quinta em ônibus da região metropolitana em direção a Curitiba poderão continuar usando o cartão transporte da Urbs. A cessão será feita gratuitamente mediante termo de compromisso de confidencialidade e sigilo já assinado pela Comec.
Isso evita que os isentos tenham de embarcar mediante apresentação de documento de identidade e não possam passar pela catraca, ficando no espaço entre a porta de embarque e a bancada do cobrador. O desembarque também teria de ser feito pela porta da frente, o que é uma forma de exclusão. Com o cartão, o isento passa normalmente pela catraca, sem diferenciação.
O cartão isento é emitido pela Urbs desde que o usuário atenda as condições exigidas por lei, disponíveis no site www.urbs.curitiba.pr.gov.br clicando em Utilidades e, em seguida, Isenções. Neste mesmo espaço é possível confirmar horário e locais de atendimento, a legislação pertinente a cada tipo de isenção e o procedimento a ser adotado em cada caso.

Fonte: SMCS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email