domingo, 21
 de 
julho
 de 
2024

Trabalho ostensivo e integrado resulta na redução de crimes em Mandirituba

Fran Claudino mostra folder que está sendo distribuído para que a população amplie a formulação de denúncias. Foto: Arquivo/O RegionalEm um trabalho integrado entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar de Mandirituba, estão sendo ampliadas as atividades ostensivas em todo o município. Este trabalho contínuo tem o foco de prevenir e inibir a criminalidade, culminando na diminuição de diversos crimes, resultando ainda em uma série de apreensões e prisões.

Em decorrência do trabalho ostensivo, o número de alguns crimes caiu consideravelmente em um comparativo entre o primeiro semestre de 2017 e 2018, segundo registros da Polícia Militar e Civil. Um deles foi o roubo, onde foram contabilizados no ano passado 69 casos, contra 52 neste ano, uma redução de 24%. Já os homicídios caíram 91%, sendo totalizado 12 mortes em 2017 e apenas uma em 2018. Paralelo a isso, a apreensão de armas passou de 3 no ano passado, para 13 neste ano. E nos registros da Guarda Municipal, foram atendidas neste período, em 2017, 247 ocorrências das mais diversas naturezas, diminuindo para 233 neste ano.

Para a secretária municipal de Defesa Social, Fran Claudino, a diminuição nos índices de criminalidade e o aumento de apreensões e prisões evidenciam a importância do trabalho ostensivo. “Temos pautado pela prevenção, para que posteriormente não precisemos usar a repressão. Este trabalho é fundamental e já resultou neste ano na prisão de 18 pessoas, as quais foram detidas em flagrante ou que estavam foragidas”, destaca Fran, pontuando como as atividades vêm acontecendo. “Semanalmente temos realizado bloqueios nas estradas em diversas comunidades, das mais populosas às mais pequenas e afastadas. Temos ido aos estabelecimentos comerciais, como bares, para fazer abordagens, com foco na apreensão de drogas e armas, além de prisões de foragidos e de inibir a prostituição e a presença de menores em ambientes impróprios”, salienta.

Para que o trabalho ostensivo se torne ainda mais eficaz, as autoridades policiais reforçam a necessidade da formalização de denúncias da população. “Tivemos crimes que somente foram solucionados porque as pessoas, anonimamente, repassaram informações preciosas. É essencial confiar no trabalho policial para que os criminosos estejam atrás das grades e não aterrorizando as pessoas de bem”, destacou Fran. As denúncias podem ser efetivadas pelos telefones 3626 2323, 153, 181, 190 ou 98745 4849.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email