sábado, 15
 de 
junho
 de 
2024

Surf e Cross Games movimentam o esporte no fim de semana do Verão Maior Paraná

Surf e Cross Games movimentam o esporte no fim de semana do Verão Maior Paraná. Foto: Gilson Abreu/AEN
Surf e Cross Games movimentam o esporte no fim de semana do Verão Maior Paraná. Foto: Gilson Abreu/AEN
Primeira etapa do Circuito Paranaense de Surf Amador 2023 aconteceu sábado e domingo, em Matinhos. Teve também surf inclusivo. O Cross Games, que envolve muita força física, reuniu 260 atletas

 

Muitas ondas e a adrenalina em alta com o fim de semana repleto de competições esportivas dos Jogos de Aventura e Natureza (JAN), inseridos na programação do Verão Maior Paraná. Neste fim de semana (4 e 5), o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Esporte, participou da organização da primeira etapa do Circuito Paranaense de Surf Amador, no Balneário Flórida, em Matinhos,  e do Desafio JAN de Cross Games, competição com circuitos de alta intensidade de exercícios oriundos do CrossFit, na arena Caiobá, também em Matinhos.

A primeira etapa do Circuito Paranaense de Surf Amador 2023 aconteceu sábado e domingo no Balneário Flórida, em Matinhos, e foi realizada em parceria com a Federação Paranaense de Surf. As categorias Sub12, Sub14, Sub14 Fem, Sub16, Sub16 Fem, Sub18, Universitário, Curitiba, Master, Grand Master, Open e Open Feminino disputaram pelas melhores colocações no ranking do Estado.

O presidente da Federação Paranaense de Surf, Renato Trogue, chama atenção para a qualidade das ondas e destaca toda a equipe que ajudou a levar este evento, que contou com 120 participantes. “São 12 categorias aqui em Matinhos. Geralmente, a gente começa o circuito após o carnaval, justamente por conta das ondas e da quantidade de banhistas que estão curtindo a praia. Neste ano resolvemos trazer aqui para o Balneário Flórida, porque, depois da engorda da praia, as ondas estão melhores. Eu acho que neste momento a melhor onda está aqui”, comentou Renato.

Gabriel Ramon (23), que compete na categoria Open, destacou o alto nível dos atletas da competição. “Na primeira bateria já deu pra ver que o bom nível e a estrutura montada aqui na praia foi uma das melhores que já tivemos, desde o café da manhã,  alimentação e cuidados para com os atletas”, afirmou.

O multicampeão Jihad Khodr (39), que já conquistou Brasileiro, Sul-americano e diversos circuitos paranaenses, esteve acompanhando o filho Gabriel Jihad Dallegrave Chiah que, com apenas 12 anos, está competindo na categoria sub-14 e na sub-12. “Tem umas ondas boas, eu me preparei bastante para competir e achei tudo muito legal. Participar e se divertir acima de tudo”, conta Gabriel.

VIVÊNCIA DO SURF INCLUSIVO – Seguindo as agendas de eventos voltados ao paradesporto no Verão Maior Paraná, 15 atletas paralímpicos puderam participar de uma demonstração e vivência do surf de uma forma adaptada para pessoas com deficiência. A ação aconteceu no sábado (4) enquanto aconteciam as competições.

O profissional de Educação Física, Sanderson Trevisan, que aplicou essa vivência de surf, comenta sobre a ação realizada com os atletas. “São alguns deficientes visuais, outros deficientes físicos e essa vivência conta com três momentos: conhecimento da prancha de surf, conhecimento básico das técnicas iniciais para se praticar o esporte e, no terceiro momento, eles fazem a imersão da essência do que o surfista busca no esporte, tanto dentro quanto fora da água”, destaca o professor.

Atleta de diversas modalidades do paradesporto, Eron Matheus Meyenberg, destaca a importância das ações de inclusão durante o campeonato. “Estou amando essa vivência. Semana passada foi sensacional, mas o surf tem meu coração, eu surfo faz oito anos como lazer, sou atleta de rugby em cadeira de rodas, vim da natação e pretendo entrar para o surf paralímpico”, disse ele, destacando o Governo do Estado e os professores que se dedicam a modalidades paradesportivas”, comentou o atleta.

Além do surf inclusivo, uma grande exposição fotográfica, que conta com imagens produzidas por surfistas e fotógrafos profissionais de Matinhos, mostrou as belezas naturais do Litoral paranaense. A mostra audiovisual intitulada “Gente do Mar, Gente Daqui” é uma realização da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Campus Litoral.

CROSS GAMES – Na Arena de Caiobá, o Desafio JAN de Cross Games chamou a atenção do público. A competição que envolve muita força física, agilidade e concentração para realizar os movimentos do CrossFit aconteceu neste sábado (4), durante todo o dia, e contou com a participação de 260 atletas.

Além da presença esportiva, os atletas fizeram doações de latas de leite em pó. Cerca de 600 latas foram arrecadadas e serão doadas para a Provopar e dezenas de crianças serão beneficiadas.

A primeira-dama de Matinhos, Regina Ecler, destaca as parcerias do Governo do Estado com a prefeitura. “A sensação é de alegria e gratidão. Essa parceria do esporte tem trazido um benefício para a população, eu ando pelo centro da cidade e vejo o comércio lotado e até me emociono, pois há muito tempo não tínhamos isso. Além disso, isso, as arrecadações vão beneficiar as crianças da comunidade carente aqui do nosso município”, disse.

COMPETIÇÃO – Um dos organizadores do Cross Games, Diogo Alves de Siqueira, conta como funciona a competição, que engloba funções cardiovasculares, movimentos ginásticos e levantamento de peso. “São trios masculinos e femininos da categoria amadora até avançados. Desde o ano passado, os Jogos de Aventura e Natureza levaram a competição para várias cidades do Estado. Além desta etapa no Litoral, teremos as competições do Cross Games em mais quatro regiões ao longo do ano. É uma grande parceria do Governo do Estado”, afirma Diogo.

A atleta pontagrossense, Kamila Cardozo (28), destaca a satisfação de se superar ao longo da competição. “É nossa primeira competição na categoria amadora e essa prova exige muito. É muito bom ver como estamos em relação às outras competidoras e se superar a cada vez. A estrutura e a organização estão muito boas, vamos ainda ficar um pouco para curtir o Litoral depois das competições”, finaliza Kamila.

VERÃO MAIOR PARANÁ – O Verão Maior Paraná tem ações voltadas aos veranistas e comunidade local, com atividades esportivas e de lazer, aulas de ginástica, dança, caminhadas, recreação infantil, torneios e eventos esportivos, além de uma série de outras práticas relacionadas ao entretenimento. Acesse o site www.verao.pr.gov.br e confira a programação completa das atrações promovidas pelo Governo do Estado. As ações acontecem nos municípios do Litoral, além de Porto Rico e São Pedro do Paraná, no Noroeste do Paraná.

 

Fonte: Agência Estadual de Notícias

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email