sexta-feira, 20
 de 
maio
 de 
2022

Sistema usado e aprovado pela Ouvidoria-Geral está disponível para municípios paranaenses

Sistema usado e aprovado pela Ouvidoria-Geral está disponível para municípios paranaenses - Foto: Gabrielly Pontes/CGE
A ferramenta de informática ajuda na recepção e monitoramento das reivindicações e no controle do tempo de resposta ao cidadão. Ouvidoria-Geral reduziu o tempo médio de 35 para 6 dias.

Ouvir o cidadão é essencial para implantação de melhorias e para evolução da gestão. Por isso, a Controladoria-Geral do Estado (CGE) estruturou a Ouvidoria-Geral para acompanhar praticamente em tempo real cada manifestação da população. O sistema de recepção e monitoramento das reivindicações está disponível gratuitamente a prefeituras.

De acordo com o controlador-geral Raul Siqueira, a CGE assumiu o papel de auxiliar municípios a melhorarem seus instrumentos de controle da gestão. “A ouvidoria é, por assim dizer, um termômetro da administração pública. É o canal direto com a população e pode se transformar em fundamental instrumento para gestores alinharem suas ações”, disse.

A Ouvidoria-Geral ou Coordenadoria de Ouvidoria sistematiza o funcionamento de 72 ouvidorias setoriais, distribuídas em órgãos e entidades do Governo do Estado em todo o Paraná. Para isso, usa o Sigo – Sistema Integrado para Gestão de Ouvidorias, com suporte técnico da Celepar.

É esse sistema informatizado, que está disponível às prefeituras, permite o cumprimento de determinações da lei 13.460/2017, como a emissão de relatórios de gestão, com os dados sobre as demandas recebidas pela ouvidoria.

FACILIDADES – Por meio desse sistema, é possível classificar cada demanda como denúncia, elogio, solicitação e reclamação, ou outras categorias de manifestação do cidadão. Assim que o pedido entra no sistema, ele começa a ser acompanhado e, caso o prazo de resposta esteja se esgotando, o agente de ouvidoria responsável é acionado.

O coordenador de Ouvidoria, Yohhan Souza, explicou que com o bom uso do sistema foi possível baixar o tempo médio de resposta ao cidadão de mais de um mês, em 2018, para 6 dias neste ano. As estatísticas de atendimento estão organizadas no CGEOuv+, disponível no Portal da Transparência, em Informações Gerais.

“As prefeituras podem usar esse sistema, que já se comprovou eficiente para o trabalho de ouvidoria. Promovemos encontros periódicos com ouvidores do estado e de outras esferas administrativas, a fim de trocarmos experiências e conhecimento e, assim, contribuir para uma gestão afinada com os anseios da população”, afirmou.

Segundo ele, nove prefeituras manifestaram interesse em usar o Sigo em suas ouvidorias-gerais. Porém, o sistema foi aprovado e é usado em Secretarias de Saúde de 166 municípios. “Nossa intenção é mostrar que o sistema e os relatórios emitidos por ele podem ser parceiros dos gestores na busca por melhorias e na prevenção a atos de improbidade”, disse o ouvidor-geral do Estado.

Por enquanto, a divulgação tem sido feita nos encontros com ouvidores. Entretanto, ofícios serão enviados às prefeituras, oferecendo o sistema. O último encontro, virtual, foi realizado no dia 8 (sexta-feira).

MAIS – Em paralelo, a Controladoria-Geral do Estado concebeu o Controla Paraná, uma plataforma na internet em que é possível conhecer como são estruturadas as áreas sob responsabilidade da CGE. Por esse site, os administradores podem trocar experiências e ideias formando uma rede de aprimoramento da gestão.

Fonte: AEN/PR

Sistema usado e aprovado pela Ouvidoria-Geral está disponível para municípios paranaenses – Foto: Gabrielly Pontes/CGE

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email