sexta-feira, 25
 de 
junho
 de 
2021

Semana Nacional do Trânsito alerta para responsabilidade dos motoristas

Acidentes têm vitimado centenas de pessoas anualmente em todo o Paraná. Foto: Arquivo/O RegionalO trânsito é um assunto que ainda exige maior debate e conscientização por parte de toda a sociedade. Este tema esteve em evidência nos últimos dias, com a realização da Semana Nacional do Trânsito, que vem alertando para o alto número de acidentes que ocorre anualmente em todo país.

De acordo com números do Detran, em 2018 foram registradas 1.518 mortes no trânsito em todo o Paraná, entre essas vítimas 473 eram condutores, 401 motociclistas, 312 passageiros e 237 pedestres.

Neste período, também foram contabilizados 54.663 acidentes, sendo 29.891 no interior do Estado, 8.909 nas rodovias estaduais, 7.937 em vias federais e 7.926 na capital, o que resultou ao todo em 45.542 pessoas feridas. Outro dado importante quanto aos sinistros é que dos 57.783 condutores envolvidos, 43.694 eram homens e 11.599 mulheres. Nas dez cidades da região, foram confirmadas oito mortes, além de 384 pessoas feridas.

Sargento Rudinilson Witt salienta que todos devem ser conscientes para evitar acidentes devido à imprudência. Foto: Arquivo/O Regional

Segundo o comandante do destacamento da Polícia Militar de Quitandinha, Sargento Rudinilson Witt, o trabalho preventivo tem auxiliado a ter um número baixo de acidentes dentro das cidades. “Temos buscado sempre orientar os motoristas e conscientizar sobre a responsabilidade de cada um no trânsito. Além do risco de se perder uma vida, é muito comum sequelas graves de acidentes que comprometem toda a qualidade de vida das pessoas”, alerta.

Neste ano, os policiais têm notado um aumento nos casos de veículos com documentação atrasada, carteiras de habitação vencidas e motoristas embriagados. “Algumas dessas situações podem ser reflexo dos efeitos da pandemia da Covid-19. É um panorama preocupante e que precisamos estar em alerta para que não haja desdobramentos mais graves”, salienta.

Desde a última segunda-feira até o hoje, o 28º Batalhão da Polícia Militar da Lapa estará realizando blitz educativas, tendo como tema ‘Perceba o Risco, Proteja a Vida’, o qual foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email