segunda-feira, 18
 de 
outubro
 de 
2021

Selos garantem qualidade do mel

Larissa Martins visitou a Casa do Mel nesta semana e destacou o trabalho desenvolvido. Foto: Arquivo/O RegionalO mel produzido em cinco municípios da região e que passa pelo Núcleo dos Apicultores da Região Suleste do Paraná (Napisul) tem garantia de procedência. A entidade, cuja sede é a Casa do Mel, em Agudos do Sul, possui a certificação do Serviço de Inspeção Federal (SIF) e, no último mês, recebeu, pelo segundo ano, o selo Alimentos do Paraná, cujo comitê gestor é formado por diversas instituições reconhecidas no estado.

Nesta semana, a secretária de Agricultura e Meio Ambiente de Agudos, Larissa Martins, visitou a Casa do Mel. Segundo ela, o recebimento novamente deste selo atesta a qualidade e o respeito ao trabalho desenvolvido no local e que se estende a todos os produtos que passam pela Napisul, sejam oriundos de abelhas com ou sem ferrão.

Quanto ao SIF, já são 10 anos desta certificação, que vale igualmente para o mel que ali chega de toda a região. Para isso, a entidade atende a uma série de normas. “É sinal que a Napisul preenche todos os requisitos para comercializar o produto em todo o país”, explica a secretária.

Segundo a Casa do Mel, um dos produtos que passam pela sede da Napisul é oriundo da Associação de Meliponicultores de Mandirituba (Amamel). O mel desta entidade passou a ser envasado na Casa do Mel no início deste ano e, com isso, a Amamel também recebeu o SIF, por meio da Napisul. O núcleo atende produtores, sejam eles sócios ou não, de Agudos do Sul, Mandirituba, Piên, Quitandinha e Tijucas do Sul.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email