segunda-feira, 22
 de 
julho
 de 
2024

Selo da Adapar em morangos garante segurança e qualidade

Morangos são certificados pela Adapar, garantindo segurança e qualidade. Foto: Gilson Abreu/AEN
Morangos são certificados pela Adapar, garantindo segurança e qualidade. Foto: Gilson Abreu/AEN
Iniciativa da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), em parceria com o Sistema Faep/Senar, possibilita que produtores de morango da Região Metropolitana de Curitiba tenham um selo que sinaliza o uso de boas práticas de produção e manejo

Uma parceria entre a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e o Sistema Faep/Senar possibilita que produtores de morango da Região Metropolitana de Curitiba tenham um selo de qualidade que diferencia o produto no mercado, sinalizando o uso de boas práticas de produção e manejo, dando garantia de um alimento seguro para consumo.

Oficializado em 2022, o projeto-piloto contou inicialmente com oito propriedades participantes, e hoje todas já estão certificadas. São agricultores convencionais, que passaram por capacitação para o recebimento da cerificação, e que seguem o sistema semi-hidropônico, ou seja, as frutas não são cultivadas direto na terra, mas em um substrato apoiado em cavaletes ou palanques.

A fiscal de Defesa Agropecuária, Sabrina Jacques Farias, que foi responsável pelo projeto-piloto, explicou que a ação surgiu da identificação de duas demandas, sendo uma delas dos próprios consumidores, que exigem cada vez mais segurança quando buscam alimentos in natura, e a outra demanda veio do campo e foi percebida pela equipe durante as fiscalizações. “Quando fazíamos análises de amostras, os produtores sempre pediam para ficar com os resultados, para poder mostrar aos clientes que estão produzindo de forma correta. O selo dá essa possibilidade”, diz.

Aqueles que buscam a certificação devem determinar um responsável técnico para a propriedade. Esse profissional deve procurar o escritório da Adapar e cadastrar o produtor no programa com a documentação exigida e, a partir daí, a Agência faz o acompanhamento mais direto do local.

Após as análises, se constatada a conformidade às normas de qualidade, a agência concede um selo que é adicionado às embalagens dos morangos, indicando a adequação, e apresentando um QR Code que dá acesso a informações como as datas das fiscalizações realizadas, os resultados das análises laboratoriais e a rastreabilidade.

A Região Metropolitana de Curitiba lidera a produção da fruta no Paraná. Há produtores de morango certificados em Mandirituba, Campina Grande do Sul, Almirante Tamandaré, Lapa e São José dos Pinhais.



 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email