sábado, 20
 de 
julho
 de 
2024

Seis municípios da região atingiram meta em índice da educação básica

Índice no município de Piên apontou bons resultados da educação. Foto: Arquivo/O RegionalO Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgaram na última segunda-feira o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017. A divulgação ocorre a cada dois anos.

Na região, nos anos iniciais do ensino fundamental, que englobam as redes municipais, seis cidades atingiram as suas metas. São elas Campo do Tenente, Fazenda Rio Grande, Lapa, Mandirituba, Piên e Rio Negro. Porém, na comparação com o levantamento anterior, de 2015, apenas Lapa, Mandirituba, Piên e Rio Negro melhoraram seus índices.

Rio Negro teve o melhor número do suleste paranaense, atingindo 7,4. Piên foi o segundo, sendo o que mais evoluiu no índice entre 2015 e 2017, indo de 6,3 a 7,0. “Estamos muito felizes com o resultado, nos empenhamos para melhorar cada vez mais, reflexo disso é este índice superior a 2015 e mais uma vez acima da média nacional”, disse a secretária municipal de Educação de Piên, Maristela Wendrechovski Stoeckly, agradecendo as professoras e equipe pedagógica pela conquista e parabenizando aos alunos pela dedicação.

O prefeito Livino Tureck destacou que os investimentos na educação estão apresentando resultados positivos, lembrando a recente inauguração de uma creche com capacidade para atender 188 crianças em período integral. “Estar com uma das melhores médias no Ideb é uma vitória para todos nós. Parabenizo a Maristela e sua equipe e agradeço às professoras e às nossas crianças pienenses”, finalizou o prefeito.

Já em relação aos anos finais do ensino fundamental na região, dos colégios estaduais, em nenhum município a meta foi alcançada. O ponto positivo é que em todo o suleste houve avanço na média, com exceção de Campo do Tenente, onde se repetiu o índice de 2015. O melhor resultado das séries finais é em Piên, com 5,3.

Pela primeira vez, o Inep passou a calcular Ideb para o ensino médio. Na região, nesta etapa, os colégios estaduais em Piên também tiveram os melhores índices, com uma média de 4,1. O Ideb é baseado na proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala e na taxa de aprovação.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email