sábado, 28
 de 
maio
 de 
2022

Secretaria de Justiça, Família e Trabalho entrega a primeira carteira do artesanato brasileiro

Secretaria de Justiça, Família e Trabalho entrega a primeira carteira do artesanato brasileiro e comemora Dia do Artesanato - Curitiba, 18/03/2022 - Foto SEJUF
Evento em comemoração ao Dia do Artesanato destacou o compromisso do governo estadual com o fortalecimento do setor, que faz parte do grupo da Economia Solidária.

Para marcar o Dia do Artesanato, comemorado em 19 de março, a Secretaria de Justiça, Família e Trabalho promoveu na noite de sexta-feira (18) um evento no Palácio Iguaçu com a participação dos artesãos paranaenses. Durante a homenagem à categoria, o secretário Ney Leprevost entregou a Cleide Ferreira Mattos, de Maringá, a primeira carteira do Paraná de mestre artesã do Programa Artesanato Brasileiro.

Leprevost reafirmou o compromisso com esse importante segmento da economia solidária. “Os artesãos são uma parcela importante da economia solidária. A atividade é a principal fonte de renda de muitas famílias no Paraná, além colaborar com o turismo no Estado”, disse.

ECONOMIA SOLIDÁRIA – Os artesãos fazem parte do grupo da Economia Solidária. A Lei que institui a Política Estadual de Economia Solidária foi regulamentada pelo decreto 3932/2020, do governador Carlos Massa Ratinho Junior. O conceito de economia solidária vem do trabalho realizado de forma cooperativa e solidária para produzir bens e cultura, prestação de serviços, consumo, comercialização e realização de operações de crédito. O resultado obtido deve ser partilhado de forma equitativa entre os participantes.

De acordo com a chefe do Departamento de Trabalho e Estímulo à Geração de Renda, Suelen Glinski, o artesanato é uma das atividades que servem como renda principal para famílias em várias regiões do Estado. “A secretaria tem como foco a geração de empregos e atividades que permitam aos paranaenses terem sua própria renda”, afirmou.

O Paraná possui hoje cerca de 600 artesãos cadastrados no Programa de Artesanato Brasileiro. O coordenador de Geração de Emprego e Renda da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, Ricardo Opolz, disse que o objetivo da secretaria é aumentar a relação de cadastrados, orientando os artesãos como ter acesso aos programas de incentivo para a atividade.

Fonte: AEN/PR

Secretaria de Justiça, Família e Trabalho entrega a primeira carteira do artesanato brasileiro e comemora Dia do Artesanato – Curitiba, 18/03/2022 – Foto SEJUF



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email