sexta-feira, 25
 de 
junho
 de 
2021

Saúde alerta para a importância do isolamento no combate à Covid-19

Pacientes suspeitos devem procurar a unidade de saúde e manter as recomendações de isolamento social. Foto: Arquivo/O RegionalCom o aumento diário no número de casos confirmados de Covid-19 em todo o país, uma série de medidas preventivas vem sendo adotada com o objetivo de frear o avanço da doença. Porém, mesmo diante de toda a gravidade do cenário, é comum a ocorrência de pessoas com suspeita da doença ou até mesmo já diagnosticadas não respeitando as determinações.

O isolamento é uma das principais recomendações dos órgãos de saúde como forma de evitar a disseminação do vírus. O não cumprimento do período de quarentena pode configurar infração de medida sanitária, com possibilidade de punições previstas no código penal.

A coordenadora da Vigilância em Saúde de Fazenda Rio Grande, Nelcelí Garcia, detalha que o isolamento é uma ação a ser adotada quando o cidadão é classificado como suspeito de estar contaminado, quando há o diagnóstico da doença ou quando houve contato direto com uma pessoa com Covid-19. “Em caso de paciente testado positivamente ou com suspeita é importante que, se possível, fique separado, em um quarto privativo, além da circulação restrita dentro da residência e com uso de máscara e higienização das mãos frequentemente. Se uma pessoa da casa tiver diagnóstico positivo, todos os moradores devem ficar isolados por 14 dias também. Caso outro familiar inicie com os sintomas, deve reiniciar o isolamento de 14 dias. Apresentando sintomas gripais, como febre, ou os sintomas forem graves, como dificuldade para respirar, a orientação é procurar a unidade de saúde de referência ou a unidade de pronto atendimento municipal”, explica.

Ainda conforme Nelcelí, são vários os cuidados no período de isolamento. “Em relação aos cuidadores, os mesmos devem fazer uso de máscara e luvas de látex sempre que prestarem atendimento ao paciente suspeito ou confirmado para Covid-19. As roupas de uso pessoal, de cama e banho devem ser lavadas separadamente, e se não for possível o uso de banheiro exclusivo, o ambiente poderá ser compartilhado respeitando medidas de higienização a cada uso feito pelo paciente. A limpeza da casa pode ser realizada com uso de sabão, álcool 70% e desinfetantes, com atenção em especial às superfícies e, se possível, o uso de luvas pelo paciente sempre que sair do quarto. É importante manter as janelas abertas para circulação de ar do ambiente usado para isolamento e a porta fechada, limpe a maçaneta frequentemente com álcool 70% ou água sanitária”, pontua.

De acordo com o secretário da Saúde de Piên, Jair Batista, quem está com determinação de isolamento não pode sair de casa e nem receber pessoas, sob hipótese alguma. “O cumprimento da medida de isolamento dos suspeitos, dos diagnosticados e de seus contatos diretos, determinado pelos profissionais de saúde, é muito importante para contenção da pandemia, porque se uma pessoa portadora do vírus não se isolar, ela irá contaminar todos os locais por onde passar e isso fará com que outros se contaminem”, pontua.

O secretário ressalta ainda que o cumprimento do isolamento vai além do cuidado pessoal com a saúde. “Antes de tudo é uma questão de respeito à proteção da saúde pública, dos amigos e até mesmo dos familiares. É responsabilidade individual de cada um, que gera a proteção para todos. Uma pessoa que não cumpre o isolamento coloca em risco a saúde pública, a saúde de todas as pessoas que podem ser contaminadas pelos vírus que essa pessoa espalha. É possível que alguém, sem saber que está contaminado, saia para locais públicos, por isso todos precisam usar máscara, manter-se distante de outras pessoas e lavar sempre as mãos, para eliminar o vírus, caso tenha encostado em qualquer local onde caíram gotículas com o vírus ou alguém contaminado tocou”, conclui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email